Tfue pode estar processando FaZe Clan

De acordo com o Hollywood Reporter, FaZe teria “levado até 80%” do que Tfue ganha.

Captura de tela via Tfue

Um dos streamers mais populares de Fortnite: Battle Royale no mundo estaria processando a organização de esports que representa desde Abril de 2018.

Turner “Tfue” Tenney estaria processando a FaZe Clan, de acordo com o The Hollywood Reporter. De acordo com o relato, Tfue abriu o processo contra a FaZe Clan hoje “por supostamente limitar sua habilidade de exercer sua profissão, violando a lei da Califórnia, não fazer uma parceria lucrativa por conflito de interesses e não pagar sua parte do lucro da parceria”.

A FaZe tem “supostamente restringido oportunidades de negócios [de Tfue] e levado até 80% do que ele deveria receber”, de acordo com o relato. Tfue “só recebe 20% da renda de todos os vídeos com conteúdo de marca publicados na Twitch, no YouTube e nas redes sociais, e metade dos lucros de suas turnês e aparições”, segundo o The Hollywood Reporter.

Também há outras informações ruins sobre a FaZe Clan. O advogado Bryan Freedman, da Freedman + Taitelman, escreveu que a FaZe “continuava pressionando e encorajando [Tfue] e outros a fazer coisas perigosas durante os vídeos”. Freedman disse que Tfue até machucou o braço em um vídeo de uma forma que “teve efeitos permanentes”.

Tfue teria tentado encerrar a parceria com a FaZe em setembro devido a uma quebra de contrato, mas o pedido teria sido rejeitado.

Tfue recentemente se qualificou para as Finais da Copa do Mundo de Fortnite, que acontecerá em Nova York em julho. Não se sabe quais consequências o processo pode ter no futuro do streamer com a FaZe Clan ou se ele ainda vai representar a organização em um dos maiores torneios da história dos esports.

Artigo publicado originalmente porJustin Binkowski em inglês no Dot Esports no dia 20 de maio.