CoD: Black Ops 4 receberá sistema “Supply Stream” para desbloquear trajes, variantes de armas e emotes

Soa muito parecido com o Passe de Batalha de Fortnite.

Imagem via Activision

Os jogadores de Call of Duty: Black Ops 4 terão uma nova forma de ganhar itens cosméticos no jogo.

No que hoje parece ter sido um erro, a Activision lançou uma publicação no site de Call of Duty que mencionou um novo sistema de “Supply Stream”, no qual os jogadores podem ganhar trajes, variantes de armas e emotes. O sistema contará com categorias que concederão itens aos jogadores conforme progredirem.

Veja também: Black Ops Pass é um erro e pode ter um grande impacto no sucesso de Black Ops 4

Os donos do Black Ops Pass, um novo formato de conteúdo pós-lançamento que tem semelhanças com o Passe da Temporada em anos anteriores, poderão progredir mais rapidamente nas categorias do que aqueles sem ele. A publicação dizia que os jogadores sem o passe terão que passar por cada categoria, mas os donos do Black Ops Pass podem pular 10 categorias por temporada, efetivamente os permitindo desbloquear equipamentos mais cedo do que outros.

Este sistema, que é o primeiro de um título de Black Ops, soa muito parecido ao Passe de Batalha de Fortnite, que se tornou muito popular no ano passado. O Passe de Batalha, que pode ser comprado a cada temporada, oferece itens diferentes e muito mais valiosos à medida que os jogadores alcançam novas categorias no passe.

Veja também: Partidas em liga provavelmente serão adicionadas ao CoD: Black Ops 4 em dezembro

A popularidade do Passe de Batalha provavelmente foi uma inspiração para a Treyarch, que também desenvolveu o primeiro modo de jogo battle royale na história de Call of Duty com Blackout. Fortnite tornou-se um dos jogos mais populares do mundo no ano passado, chegando ao segundo lugar na lista da Newzoo dos principais jogos de PC mais populares.

A postagem que lançou o novo sistema já foi excluída, mas certamente parece que a Treyarch desenvolveu uma nova maneira de criar incentivos para que os jogadores continuem jogando.

Créditos a Charlie Intel.