Blizzard ajusta Paladinos, Magos e Druidas em próxima atualização do WoW, que sai em 26 de janeiro

Três classes estavam indo mal no PvP.
Imagem via Blizzard Entertainment

Magos, Druidas e Paladinas vêm dominando o PvP de Shadowlands desde seu lançamento. A Blizzard Entertainment finalmente ouviu as reclamações dos jogadores de PvP e anunciou ajustes a essas classes.

Recommended Videos

Os Druidas ficaram irritantes com a habilidade do pacto dos Feérios Noturnos, Convocar Espíritos, que permitia que os Druidas eliminassem vários jogadores com apenas um ataque em alguns segundos. Com a ajuda da lendária Proteção do Triuno, os Magos viraram tanques que não morrem, enquanto os Paladinos estão indo bem demais de modo geral. Os três estão bem representados nas arenas e nos campos de batalha.

Além de enfraquecer essas classes, a Blizzard fortaleceu os companheiros de Cavaleiros da Morte, Caçadores e Bruxos, que morriam rápido demais. Mas a maior mudança pedida pelos jogadores foi reverter Atenuar. Há um mês, a Blizzard removeu os 20% de Atenuar em arenas 2×2, uma vantagem para os jogadores que estivessem usando tanques ou curandeiros em seus times. Revertendo, as composições com dano duplo devem ser fortalecidas e podem voltar a subir seus ranques.

  • Druida
    • Convocar Espíritos não lança mais Lua Cheia e Frenesi Feral quando em combate com jogadores inimigos.
  • Mago
    • Proteção do Triuno (lendária) agora concede barreiras com eficácia de 50% (era 65%) in PvP situations.
    • Fogo
      • Eficácia de Cascata Infernal (conduíte) reduzida em 33% no PvP.
  • Paladino
    • Sagrado
      • Tempo de recarga de Favorecimento Divino (Talento de Honra) aumenta para 30 segundos (era 25 segundos) e passa a aumentar a velocidade de conjuração em 30% (era 60%).
    • Proteção, Retribuição
      • Cura de Palavra de Glória reduzida em 20% no PVP.
  • Agora você causa 20% menos dano aos companheiros de Cavaleiros da Morte, Caçadores e Bruxos.
  • Em Arenas 2×2, Atenuar começa em 20% quando os dois times tiverem um tanque ou curandeiro.

Alguns dos enfraquecimentos poderiam ter sido mais duros, mas é um bom começo. Em uma entrevista do desenvolvedor PvP Chris Kaleiki, a Blizzard disse que não quer fortalecer ou enfraquecer as classes de forma muito rápida e quer que os jogadores explorem outras composições. À medida que mais jogadores conseguem os equipamentos finais, a Blizzard prefere tomar cuidado para não enfraquecer demais algumas especializações que naturalmente fiquem para trás.

Essa abordagem pode ser boa quando os jogadores têm acesso fácil a vários personagens, mas World of Warcraft não é um deles. É preciso jogar muito antes de entrar no PvP. A esperança dos jogadores é que a Blizzard reavalie sua abordagem ou proporcione alguma forma de acompanhar, para que os personagens secundários possam ser usados logo no competitivo.

Artigo publicado originalmente em inglês por Cristian Lupasco no Dot Esports no dia 23 de janeiro.

related content
Read Article Quando lança o beta de WoW Wrath of the Lich King Classic?
Read Article Tudo o que sabemos sobre a reformulação do sistema de talentos de World of Warcraft para Dragonflight
Read Article Como Cavalgar Dragões funciona em World of Warcraft: Dragonflight?
Related Content
Read Article Quando lança o beta de WoW Wrath of the Lich King Classic?
Read Article Tudo o que sabemos sobre a reformulação do sistema de talentos de World of Warcraft para Dragonflight
Read Article Como Cavalgar Dragões funciona em World of Warcraft: Dragonflight?
Author
Jéssica Gubert
Jéssica is a writer, editor, and translator working at GAMURS since 2019, but with a lifelong experience in word games and TV shows. She can also be found at concerts or babbling about board games anywhere.