A classificação definitiva dos campeões em Teamfight Tactics

Classificamos todos os 50 campeões do novo modo de jogo do LoL.

Imagem via Riot Games

Se você tem interesse em começar a jogar o novo combate automático da Riot, Teamfight Tactics, ou quer aprender mais sobre ele, esta lista deve ajudar.

Separamos todos os campeões em categorias com base em critérios variados, incluindo a capacidade de carregar uma partida, sinergia em composições, capacidade de controle de grupo e flexibilidade.

Categoria S (Os reis do pedaço)

Imagem via Riot Games
  • Garen
  • Nidalee
  • Draven
  • Aurelion Sol

Nesta categoria, ficam os mais fortes do jogo. Todos eles são poderosos individualmente e trabalham bem em praticamente qualquer composição. No caso de Garen e Nidalee, eles são campeões baratos que podem ser comprados e melhorados no começo do jogo, mas que continuam fortes e confiáveis no fim.

Garen é um tanque de linha de frente que pode ter o bônus de Nobre e, ao mesmo tempo, causa muito dano com sua ultimate. O dano dele escala com Poder de Habilidade, e brilha com o Morellonomicon. Posicione Garen bem na frente do seu exército e ele vai entrar no meio da briga, causando dano em área absurdo e saindo vivo.

Nidalee tem um bom equilíbrio entre dano e sustento. Com o Canhão Fumegante, ela pode ficar atrás do time e causar dano em todo o mapa. Adicione alguns itens de Velocidade de Ataque e Poder de Habilidade ao arsenal dela e deve ser fácil carregar o time.

Draven está em outro nível. Você não deve encontrá-lo até o fim do jogo, mas, quando encontrar, vale a pena comprar. Ele foi enfraquecido recentemente, mas ainda é incrivelmente forte. Combine-o com Darius, e vão causar encrenca em dobro. Com alguns itens e, talvez, uma melhoria para o nível dois, os machados terão o peso de caminhões.

Talvez a ultimate de Aurelion Sol seja a melhor do jogo. Se você conseguir levá-lo ao nível dois e equipar itens de Poder de Habilidade e Mana, ele vai explodir os inimigos. Ele também tem sinergia com Dragões, o que dá imunidade a magia e permite que ele fique tranquilo com uma Shyvana na linha de frente.

Categoria A (Fortes e confiáveis)

Imagem via Riot Games
  • Gnar
  • Sejuani
  • Kayle
  • Swain

Eles quase entraram na categoria mais alta, mas não são tão exageradamente fortes. Cada um tem seus pontos fortes, mas, individualmente, não é sempre que serão as melhores opções. Nas circunstâncias certas, combinando as sinergias e itens certos, eles vão causar o caos. Mas, fora dessas condições, podem atrapalhar mais que ajudam.

Gnar e Sejuani, porém, se destacam nesta categoria. Eles têm o controle de grupo mais forte do jogo e devem aparecer em qualquer composição boa no fim do jogo. Ambos são tanques e suas ultimates são incrivelmente consistentes.

Kayle e Swain têm potencial, mas dependem de algumas variáveis. Se você subir de nível com eles, o que é mais difícil que parece, vão causar muito dano. Se não, e se não tiverem os itens corretos, podem deixar a desejar. É especialmente difícil achar as condições perfeitas perto do fim do jogo, mas, se você tiver sorte, eles carregam o jogo nas costas.

Categoria B (Confiáveis)

Imagem via Riot Games
  • Darius
  • Warwick
  • Kassadin
  • Vayne
  • Ashe
  • Volibear
  • Leona
  • Kindred
  • Anivia
  • Akali
  • Lulu
  • Shyvana
  • Cho’Gath

Todos esses têm seus pontos fortes, mas, em vez de carregar, eles servem mais como suportes fortes e confiáveis. São campeões importantes para sinergias de Origem e Classe, e que devem entrar nas composições mais fortes do jogo. Individualmente, porém, nem sempre são ideais.

No caso de Darius, Warwick, Kassadin e Vayne, eles são do tipo que carrega no começo do jogo. São fáceis de conseguir e de melhorar para o nível dois ou três. Isso quer dizer que não importa sua composição, dá pra confiar neles no começo de jogo. Mas, se você não se adaptar e continuar no mesmo caminho sem usar sinergias, eles vão decepcionar em algum momento. Se você for flexível e mudar a composição ao longo do jogo, eles continuam confiáveis.

Ashe, Volibear, Leona, Kindred, Anivia, Akali, Lulu e Shyvana, por outro lado, são um pouco diferentes. Eles têm pontos fortes individualmente que podem fazer diferença no time, mas não causam tanto impacto quanto as primeiras categorias. Ashe, Volibear e Anivia ajudam a completar a sinergia Glacial, uma das melhores do jogo, e Leona, Akali, Lulu e Shyvana têm ultimates fortes e pequenas sinergias.

Categoria C (Dependem da sorte)

Imagem via Riot Games
  • Yasuo
  • Braum
  • Kha’Zix
  • Katarina
  • Evelynn
  • Varus
  • Ahri
  • Brand
  • Blitzcrank

É difícil classificar esses campeões. Eles têm seus pontos fortes, mas nem sempre são confiáveis. Não dá pra contar com nenhum deles em termos de consistência no TFT e você não deve se empolgar e alocar muitos recursos neles. O mesmo vale para o botão de pular no carrossel. Usar seu ouro para procurar uma melhoria para eles é um desperdício, mas isso não quer dizer que eles sejam ruins.

Braum é especialmente importante para a composição Glacial, mas não é tão poderoso quanto alguns de seus companheiros gelados. É um tanque bom, mas não tem nada de especial.

Kha’Zix, Katarina e Evelynn são Assassinos e até bons em eliminar campeões mais fracos. Não são os melhores, porém, e, se não receberem melhorias, serão eliminados facilmente. O mesmo vale para a composição de Assassinos. No começo do jogo, ter três Assassinos é bem forte, mas, chegando no fim, você vai ficar para trás.

Ahri e Brand têm potencial, mas não são os mais confiáveis. Ahri é uma Feiticeira decente e tem a sinergia Selvagem, mas, fora isso, não é memorável. Tem dano razoável, mas depende de itens para se dar bem. Brand é parecido. Tem uma ótima ultimate e causa um dano considerável, mas suas sinergias não são as melhores.

Blitzcrank é ótimo contra campeões fortes e menos resistentes. Se ele conseguir puxar a maior ameaça do inimigo, vale muito a pena. Mas, fora isso, é meio que dependente da sorte. Se você puxar um tanque ou Assassino, é um tiro no pé.

Categoria D (Deixam a desejar)

Imagem via Riot Games
  • Rengar
  • Pyke
  • Zed
  • Rek’Sai
  • Karthus
  • Mordekaiser
  • Veigar

Nenhum desses é terrível, mas nenhum deles se destaca. Eles podem ser usados na composição, mas não gaste itens preciosos neles.

Rengar, Pyke e Zed são os Assassinos mais fracos, mas são importantes na composição de seis Assassinos. Estranhamente, nenhum dos Assassinos está nas duas categorias mais altas, mas a composição completa é bem forte. O problema é que pode ser difícil de encontrar e melhorar todos eles, e não é uma boa ideia desperdiçar recursos para investir nela no começo do jogo. Normalmente, é mais seguro ir em uma direção mais tanque ou concentrada em controle de grupo, e os Assassinos passam bem longe dela.

Rek’Sai também deixa a desejar. Nem a sinergia de Vastinata nem a de Lutador são muito úteis, e a ultimate dela é fraca.

Mordekaiser e Karthus têm potencial, mas dependem demais de uma série de condições de vitória. Mordekaiser é até bom no começo do jogo como tanque, mas, chegando no fim do jogo, começa a atrapalhar. Os dois são Fantasmas, mas o bônus não é tão bom quanto parece. Karthus pode ser forte quando for melhorado e tiver todos os itens, mas raramente se chega a esse ponto no jogo. Sozinho, seu dano é inconsistente e sua ultimate é bem mais fraca do que deveria ser.

Categoria F (Ruim na maior parte do tempo)

Imagem via Riot Games
  • Kennen
  • Poppy
  • Tristana
  • Lucian
  • Fiora
  • Elise
  • Miss Fortune

Esses são particularmente fracos e, sozinhos, praticamente inúteis.

Kennen, Poppy e Tristana são os Yordle. A sinergia deles não é muito boa e, indibidualmente, os três deixam muito a desejar. Você vai preferir evitar Tristana e Poppy quase sempre, e há muitas opções melhores que Kennen. A ultimate dele pode ser eficaz, mas, fora isso, suas sinergias são fracas. No momento, Yordles e Ninjas não têm muito apelo.

Fiora e Lucian são terríveis, mas têm a sinergia Nobre. Seis Nobres são bem fortes, mas, se você não tiver outros quatro e precisar chegar a seis, esses dois não devem estar no seu time.

Miss Fortune e Elise têm potencial. Mas você vai encontrar opções mais fortes. No caso de Elise, pode ser bom para ter todos os Metamorfos, mas, fora isso, ela não tem nada de especial. Miss Fortune está, ironicamente, em um lugar desafortunado no momento. Ela parece um campeão que poderia ser forte, mas não corresponde às expectativas. A ultimate dela é fraca e os Pistoleiros precisam de melhorias.

Shen está em uma posição parecida. É um Ninja e, por conta própria, é razoável, mas sua ultimate e a sinergia Mestre das Lâminas não são especiais. Tê-lo em sua composição não deve fazer mal, mas é melhor evitar.

Categoria Reciclagem (Inúteis)

Imagem via Riot Games
  • Graves
  • Aatrox
  • Gangplank
  • Morgana

Todos esses precisam de melhorias. São os piores de todos e não oferecem praticamente nada. São, essencialmente, bala de canhão. Se você os incluir no time, é um desserviço a você mesmo.

Evite Graves, Aatrox, Gangplank e Morgana a todo custo.


This tier list is a starting point for TFT. It’s bound to change and it’s admittedly incredibly subjective. We’ll make sure to update it as the meta shapes and forms in the months and patches to come.

Artigo publicado originalmente por Jerome Heath em inglês no Dot Esports no dia 24 de junho.