Ubisoft tomará medidas contra jogadores de Siege “abusando de métodos de ausência”

Esperançosamente, isso ajudará a aliviar o problema.

Imagem via Ubisoft

A Ubisoft está tomando medidas contra os jogadores que abusam dos métodos de ausência no Rainbow Six Siege e irá avaliar as “mudanças de design” e “novas detecções e sanções automáticas de ausência” para corrigir esse problema, de acordo com um tweet. A punição pode incluir suspensões e banimentos.

A Ubisoft anunciou que não irá “tolerar maus jogadores interrompendo e degradando a experiência de jogo do nosso jogador”. O primeiro passo em seu plano para corrigir o problema da ausência foi “uma onda de sanções manuais” para contas que abusaram desses métodos, começando na época do anúncio. Não está claro o quão drásticas essas sanções serão.

A Ubisoft também avaliará as mudanças de design para ajudar com o problema nas próximas semanas, de acordo com o tweet, junto com “detecções e sanções automáticas de ausência”. “Sanções” é o termo que a Ubisoft usa para descrever punições, incluindo banimentos temporários e possivelmente permanentes.

Ficar ausente para juntar recurso é uma “questão crescente” em Siege, de acordo com o anúncio. Os jogadores usarão bots ou outros métodos para mover seus personagens a cada poucos segundos para evitar serem chutados por inatividade. Isso permite que esses jogadores ausentes concluam partidas sem participar, concedendo Renome, XP e outros benefícios.

Os jogadores podem explorar a esse sistema de ausência para amenizar o trabalho que leva para levar sua conta ao nível 50, o mínimo necessário para jogar em competições. Isso significa que os jogadores que desejam um smurf podem empregar o método para obter acesso aos modos ranqueados, colocando suas equipes em forte desvantagem no processo. A ausência também pode ocorrer para obter mais Renome no final da partida, um recurso usado para desbloquear Operadores e cosméticos.

Os movimentos mais recentes da Ubisoft mostram um impulso contra esse comportamento, que pode ganhar ainda mais força dependendo de quais medidas adicionais resultam das avaliações da empresa. A Ubisoft também pediu à comunidade que denunciasse quaisquer jogadores ausentes no jogo, provavelmente como um passo para fortalecer sua primeira onda de sanções manuais.

Artigo publicado originalmente em inglês por Jalen Lopez no Dot Esports no dia 04 de setembro.