6 DE fevereiro DE 2018 - 16:05

RED Canids Corinthians demite Brokenshard e Icarus; comissão técnica será refeita

Brokenshard diz que com certeza competirá de novo "em breve."
Dot Esports Brasil: Writer and Translator | Redator e Tradutor
preview
Foto via Riot Games Brasil

A Red Canids Corinthians anunciou na manhã dessa terça-feira que os técnicos Ram "Brokenshard" Djemal e Lee "Icarus" In-cheol não fazem mais parte da equipe.

Em um comunicado à imprensa, o gerente de esports da organização afirmou que "ambos não corresponderam as expectativas depositadas neles, tanto no dia a dia dos treinamentos, como também nos dias de jogos." Com os dois fora, a Red Corinthians está temporariamente sem comissão técnica.

A decisão foi tomada após a derrota da Red Canids Corinthians por 2 a 0 contra a KaBuM no último domingo pela terceira rodada da primeira etapa do CBLoL 2018. Mesmo empatada com ProGaming Esports e Vivo Keyd na segunda colocação da tabela (duas vitórias, uma derrota), o gerente de esports da Red Corinhians afirmou que "ficou evidente que a antiga comissão técnica não supriu as nossas necessidades e, de olho na continuidade do projeto e para termos sucesso nesse ano, já estamos em conversas com outros nomes e pretendemos anunciar o novo treinador em breve”.

O técnico israelense Brokenshard deixa a equipe após nove meses na comissão técnica da Red Corinthians. Ele instruiu os jogadores desde o Mid-Season Invitational de 2017 até o fim da segunda etapa do CBLoL 2017. Brokenshard disse em seu Twitter que conversava há algum tempo com o CEO da organização, Felippe Corradini, sobre sua situação. "O que o time precisava mesmo era de uma [mentalidade] fresca para ajudar a reorganizar o time".

Em conversa com o Dot Esports Brasil, Brokenshard confirmou que está aberto a novos contratos. "Já comecei a conversar com algumas equipes. Com certeza competirei de novo em breve."

Lee "Icarus" In-cheol teve uma passagem breve na Red Canids Corinthians. O anúncio de sua contratação veio em 11 de dezembro de 2017 depois de passagens pela equipe vietnamita Saigon Jokers e pela sul-coreana Xenics Storm. Nas duas situações, ele era gerente das equipes, não técnico.

Próximo Artigo