26 DE março DE 2018 - 17:58

PUBG adiciona skins de armas em suas caixas de itens

A chance de conseguir uma é muito baixa, no entanto.
Dot Esports Brasil: Writer and Translator | Redator e Tradutor
preview
Imagem via Bluehole, Inc.

Skins cosméticas para armas estão para chegar em PlayerUnknown's Battlegrounds, a PUBG Corp. revelou hoje como parte da oitava atualização de PUBG desde sua versão 1.0 de dezembro.

A atualização já está ativa no servidor de testes do jogo. Os jogadores nesse servidor receberão 100.000 BP, 20 Chaves para Cosméticos de Armas e 20 Chaves “Early Bird”, além de 10 caixas Triumph para ajudar a testar o novo sistema, que vai fazer sua estreia para os servidores oficiais quando for estável.

É exatamente isso, você precisa ter sorte com caixas para obter as novas skins de armas. Não será possível comprá-las diretamente. A única maneira de obter as skins é por meio da caixa paga Triumph, que é uma caixa semanal aleatória, ou pela caixa Raider, que é gratuita e não-aleatória. A Caixa Triumph também pode ser encontrada com 20 por cento de chances.

Foto de tela via PUBG no Steam

A caixa Raider não precisa de uma chave para ser aberta, mas as skins na caixa têm uma chance muito baixa de aparecerem, como pode ser visto na imagem acima. As skins com nomes incluem Rugged Beige ou Orange, Silver Plate, Jungle Digital, Trifecta, Turquoise Delight, Gold Plate, e Glory. Ainda não se sabe os nomes traduzidos das skins.

Por exemplo, se você quiser a skin Gold Plate para a espingarda S686, será preciso obter pela caixa Raider. Uma vez que a caixa for aberta, a skin tem uma chance de 0,0064 por cento de surgir. Na verdade, toda skin fora a Rugged Beige tem uma taxa de aparecimento de 6,5 por cento ou menor na caixa gratuita.

As taxas de aparecimento na caixa Triumph não são muito melhores, com a skin Glory para a AKM surguindo com uma porcentagem de 0,16 e a M416 Desert Digital com enormes 1,3 por cento de chances.

O servidor de testes também inclui algumas pequenas correções de bugs, e as notas da atualização também incluem uma nota da PUBG Corp. sobre como os desenvolvedores estão pensando em bloquear os servidores a uma região específica, que tem sido um recurso solicitado há tempos.

Isto significaria o fim das opções de região de servidor, e os jogadores teriam visíveis apenas os servidores de sua região. Os jogadores só poderiam mudar se convidados para um esquadrão de um jogador em outro servidor. De acordo com a PUBG Corp., esta é uma solução que ela está considerando botar em prática sobre a mudança para de formação de partidas baseadas em ping.

Próximo Artigo