2 DE maio DE 2018 - 18:32

PaiN Gaming vence Na'Vi e avança para o mata-mata da EPICENTER XL de Dota 2

O placar inesperado de 2-0 garantiu a classificação dos brasileiros pelo critério de desempate.
Dot Esports Brasil: Writer and Translator | Redator e Tradutor
preview
Foto via EPICENTER

As equipes brasileiras parecem receber buffs para os majors de Dota 2 no final de abril. A SG e-Sports fez história ao chegar no mata-mata do Kiev Major nessa época do ano em 2017, quando derrotaram a Team Secret nas oitavas de final e venceram um mapa da Evil Geniuses nas quartas. Fora dessa época, a SG não conseguiu resultados iguais.

Os brasileiros da paiN Gaming, que não haviam tido bons resultados na temporada atual do Dota Pro Circuit, acabaram de receber o buff de abril.

A paiN Gaming conquistou uma vaga para a fase de mata-mata do major EPICENTER XL de Dota 2 nessa quarta-feira (2). A equipe conseguiu sobreviver à fase de grupos de um major da temporada 2017-2018 pela primeira vez.

A equipe de Danylo "Kingrd" Nascimento jogou cinco melhores de três em cinco dias. A paiN pareceu começar o torneio em alta ao vencer o primeiro mapa contra a Virtus.Pro, uma das melhores equipes do mundo no jogo. As derrotas nas duas partidas seguintes na mesma série, seguidas da derrota por 2-0 contra a OG, acabaram com essa impressão.

A recuperação da equipe brasileira aconteceu ao derrotar a Newbee, vice-campeã mundial, no terceiro dia por um 2-0 limpo. Uma vitória contra a Team Secret no quarto dia poderia facilitar a classificação dos brasileiros, que acabaram derrotados por 2-0 e passaram a depender do quinto dia de partidas para avançar para o mata-mata.

Contra a Na'Vi, uma organização com história no Dota 2 desde 2010, a paiN pareceu jogar com ainda mais confiança do que antes. Os brasileiros precisaram de 32 minutos para vencer a primeira partida e meros 23 minutos para vencer a segunda e garantir a classificação. A duração média das partidas no DAC 2018, o major mais recente de Dota 2, foi de 40 minutos, de acordo com o site de estatísticas Dotabuff, o que torna o desempenho da paiN contra a Na'Vi algo fora do padrão.

Com o placar, a paiN acumulou duas vitórias e três derrotas na fase de grupos, o mesmo resultado de Newbee e Na'Vi. Pelo critério de desempate da EPICENTER XL, a paiN Gaming garantiu a quarta colocação e a classificação para o mata-mata por ter vencido as séries contra essas duas equipes, que acabaram eliminadas na quinta e sexta colocação respectivamente.

Esse foi o primeiro campeonato disputado pela paiN Gaming com o romeno Aliwi "w33" Omar como jogador oficial da equipe. Ele já havia atuado como substituto de Danilo "Arms" Silva no Bucharest Major em março, mas só foi contratado oficialmente pela organização brasileira em 14 de abril.

A paiN Gaming só volta ao palco da EPICENTER XL em Moscou, Rússia, na sexta-feira (4). Eles enfrentarão a FlyToMoon, os terceiros colocados do grupo A, em partida única. A equipe brasileira só alcançará o título do campeonato se vencer todas as próximas séries, que podem acontecer contra os gigantes da Virtus.Pro e até os campeões mundiais da Team Liquid.

Próximo Artigo