24 DE maio DE 2018 - 17:27

PaiN Gaming de Dota 2 elimina Team Liquid do Major e avança para mata-mata em Birminghan

Os brasileiros venceram uma partida única e uma série melhor de três contra os atuais campeões do The International.
Dot Esports Brasil: Writer and Translator | Redator e Tradutor
preview
Foto via paiN Gaming

A paiN Gaming avançou para seu segundo mata-mata de um Major de Dota 2 da temporada nessa quinta-feira. Os brasileiros fizeram os atuais campeões mundiais da Team Liquid, que têm um cavalo como seu escudo, parecerem pôneis perante o público da ESL One Birminghan 2018.

Os brasileiros disputaram uma série de três partidas contra a Team Liquid no fim da manhã. A paiN já havia vencido uma partida única contra eles no dia anterior, mas perdeu para a OG no mesmo dia por 2 a 0. A partida de definição de sua permanência no campeonato ficou para hoje.

A Team Liquid, que perdeu sua primeira partida para a paiN, evitou uma das possibilidades de eliminação ao vencer a ViCi Gaming por 2 a 0. A segunda chance foi a revanche em três partidas contra os brasileiros.

A paiN Gaming foi atropelada pela Liquid na primeira partida em 23 minutos. O Lycan core de Aliwi "w33" Omar foi anulado ao longo de toda a partida e teve um ganho de ouro por minuto similar à Nyx Assassin do suporte Maroun "GH" Merhej da Team Liquid, que foi o menor de sua equipe. Os brasileiros perderam a primeira partida com a ofensiva apagada.

A segunda partida foi o momento de a paiN Gaming brilhar com o Morphling de William "hFn" Medeiros. O carry terminou a partida com 15 abates, cinco mortes, 12 assistências e mais de 700 de ouro ganhos por minuto. O Pangolier de Otávio "Tavo" Gabriel acumulou 21 assistências, e w33 recuperou seu desempenho na Lina com 11 abates e 15 assistências. A paiN Gaming usou os 38 minutos da partida para caçar e eliminar 14 vezes o Tusk de GH e levar a série para o terceiro mapa.

A paiN Gaming teve um desempenho muito parecido entre seus jogadores na terceira partida. HFn só se destacou por ter um farm de 295 contra 167 do segundo melhor jogador da paiN, mas também passou de novo os 700 de ouro por minuto em sua Templar Assassin.

Com um melhor domínio da experiência e dos objetivos na terceira partida, a paiN Gaming fez história e eliminou os campeões do The International 2017 do major ESL One Birminghan 2018 em uma partida de 28 minutos.

Em uma entrevista pós-jogo para a ESL, o suporte da paiN Gaming Heitor "Duster" Pereira citou que a equipe não preparou nenhuma estratégia especial para a Team Liquid. "Fizemos um bootcamp de uma semana antes do campeonato. Não deu muito certo. Perdemos muitas partidas," Duster disse com um sorriso no canto do rosto. "Mas consertamos nossos problemas."

A paiN Gaming avançou para o mata-mata na segunda colocação de seu grupo. Os brasileiros enfrentarão o vencedor da melhor de três entre Mineski e LFY, que será decidido ainda hoje.

Para avançarem, os brasileiros precisarão vencer uma série melhor de três amanhã às 10h da manhã. A série da paiN Gaming será transmitida ao vivo em diversos idiomas e plataformas agrupados no site da ESL.

Próximo Artigo