8 DE maio DE 2018 - 15:54

Veja como um mapa de Overwatch é feito

O desenvolvedor de mapas Dave Adams publicou um vídeo mostrando a criação de Observatório: Gibraltar com o passar do tempo.
Dot Esports Brasil: Writer and Translator | Redator e Tradutor
preview
Imagem via Blizzard Entertainment

Mapas de Overwatch começam simples, com uma arte de poucos polígonos que bloqueia o fluxo geral de um mapa. Os detalhes são adicionados aos poucos com o design ajustado continuamente, até que o mapa final surge.

É um processo que é desconhecido para o público em geral, mas que o principal desenvolvedor de mapas de Overwatch Dave Adams está interessado em mostrar para os fãs do jogo. Adams publicou um vídeo que detalha o mapa de Overwatch Observatório: Gibraltar desde seus blocos iniciais até a arte final do mapa.

Veja também: Blizzard acidentalmente carregou uma grande alteração em Colônia Lunar Horizon ao PTR

“Eu pensei que esse era um vídeo legal do making of de Gibraltar de Overwatch partindo de alguns anos atrás", Adams escreveu. “É um timelapse desde os blocos até a arte final. Aproveite!"

Observatório: Gibraltar é uma das muitas bases de Overwatch espalhadas ao redor do universo do jogo. É a base que Winston tomou há pouco tempo, e de onde ele enviou o sinal para reagrupar os ex-agentes da Overwatch.

Adams adicionou que a Blizzard pode deixar um mapa em um estado jogável muito rapidamente. “Em geral temos algo jogável em algumas semanas, como o primeiro ponto de captura ou o primeiro objetivo do mapa, e em seguida continuamos a adicionar e jogar", Adams escreveu no Twitter. “Talvez passem alguns meses até chegar a algo que parece estar nos trilhos. Então continuamos a fazer novas versões até o lançamento."

Conseguimos dar uma olhada nessas versões no vídeo publicado no Twitter, mas também em uma recente atualização acidental no PTR. A Blizzard brincado com o mapa de  Overwatch Colônia Lunar Horizon e, mais recentemente, carregou algumas mudanças importantes para o mapa. A Blizzard parece disposta a editar mapas que não funcionam, mesmo depois de seus lançamentos.

Adams também mencionou que a Blizzard discutiu a ideia de adicionar "mapas teste” no PTR de Overwatch, permitindo que os jogadores experimentem os mapas que não estão acabados. “Seria uma experiência interessante, acredito", ele acrescentou.

Próximo Artigo