13 DE março DE 2018 - 19:24

Black Dragons, Brasil Gaming House e Up Gaming vencem primeiras partidas da Overwatch Contenders sul-americana

Sombra foi uma escolha constante para todas as equipes, enquanto Mercy mal apareceu.
Dot Esports Brasil: Writer and Translator | Redator e Tradutor
preview
Imagem via Blizzard Entertainment

A rodada inaugural da Overwatch Contenders América do Sul 2018 já chegou com dois atropelos e uma partida acirrada. Na tarde dessa terça-feira (13), os brasileiros da Black Dragons surpreenderam os jogadores de elite da Isurus, a Brasil Gaming House mostrou a força para recuperar a hegemonia no Overwatch sul-americano e a Up Gaming provou o potencial das equipes da Trials.

Na primeira série da tarde, os jogadores da argentina Isurus Gaming, considerados hoje os melhores do continente, não mostraram o desempenho que tiveram quando foram campeões sul-americanos em 2017 e campeões da Open Division no início de 2018. A Black Dragons aproveitou e, com muito entrosamento e jogadas incríveis de Rodrigo "kolero" Kröber no Zenyatta, atropelou de forma inesperada os hermanos por 4 a 0 (2-1 em Ilios, 3-2 em Dorado, 4-3 em Hanamura e 2-1 em Hollywood).

Na sequência, a Brasil Gaming House venceu a Just W também por 4 a 0 (2-1 Ilios, 3-2 em Junkertown, 1-0 em Hanamura e 3-2 em Hollywood). Com Lâminas do Dragão precisas do Genji de Felipe "liko" Lebrao, a BGH garantiu o placar perfeito e empatou na tabela com a Black Dragons.

Por fim, Up Gaming e Dogma e-Sports, que vieram da Contenders Trials, fizeram uma partida um pouco mais equilibrada. No entanto, a falta de coordenação da Dogma na primeira metade da série e o ótimo gerenciamento de supremas da Up tornaram a maioria dos mapas um domínio completo da Up, que venceu por 3 a 1 (2-1 em Ilios, 2-1 em Dorado, 1-2 em Colonia Lunar Horizon e 3-2 em Hollywood).

Quando Edgar "Edigas" Camargo da Dogma escolheu Doomfist na vitória em Colônia Lunar Horizon, sua equipe parecia ir para o mapa seguinte com mais energia. No entanto, a Up Gaming pressionou muito no ataque em Hollywood e fez uma ótima defesa com o Soldado: 76 de Tomás "Pyorn" Cortés e fechou a série em 3 a 1.

Em todas as séries, Sombra foi escolhida diversas vezes já que seu Hackear está mais rápido e seus tiros mais precisos desde a atualização mais recente do jogo. Muitas vezes ela foi escolhida para desabilitar e derreter tanques como Winston e D.Va, que dependem de suas habilidades para serem efetivos. Se antes ela era escolhida como suporte, agora ela enfim está sendo usada por jogadores flex ou ofensivos.

E como já era esperado, Mercy apareceu pouco e foi escolhida por mais tempo por Alan "ddx" Salvati da Isurus Gaming. Dessa forma, até heróis que antes mal apareciam, como Ana, deram as caras nas partidas.

A Overwatch Contenders continua na sexta-feira (16) com as partidas abaixo do Grupo B.

  • Nocturns Gaming vs. Encore Esports - 12h
  • PaiN Gaming vs. Predators Esports - 14h
  • Caverna e-sports vs. WS Esports - 16h
Próximo Artigo