26 DE fevereiro DE 2018 - 19:14

Mais mudanças chegam a Galio e Azir na Atualização 8.5 de League of Legends

O tempo da dupla da rota do meio está prestes a se esgotar.
Dot Esports Brasil: Writer and Translator | Redator e Tradutor
preview
Imagem via Riot Games

Galio e Azir já são fregueses das mudanças de balanceamento. Devido aos seus efeitos nas partidas profissionais, eles foram ajustados mais vezes no último ano do que a maioria dos outros campeões em League of Legends.

É por isso que não é nenhuma surpresa que eles serão nerfados de novo na Atualização 8.5, de acordo com o ciclo atual do PBE, o servidor de testes do jogo, mas isso com certeza não é uma boa notícia.

Não há dúvidas de que esses dois senhores têm ao menos um pouco de impacto demais nas partidas profissionais, mas eles não são bem conhecidos por dominarem as filas solo. Para a maioria dos jogadores, esses nerfs significativos serão como chutar cachorro morto, e a presença de Galio e Azir em partidas amadoras será ainda mais reduzida do que já está.

Imagem via Riot Games

Azir tem uma das menores taxas de vitória entre os campeões do meio na América do Norte, com 48 por cento de acordo com o site de estatísticas de LoL Champion.gg, junto com uma frequência de aparição em partidas de apenas quatro por cento. Ele é um campeão difícil de se jogar, e seu conjunto complicado demais requer jogadas coordenadas em equipe de mais alto nível para funcionar realmente da forma apropriada.

Não só as filas solo não têm essas jogadas coordenadas em equipe até nos elos mais altos como a curva para aperfeiçoá-lo ao máximo é mais extrema do que a da maioria dos campeões do jogo. Leva muito tempo para aprender e até jogar com ele de forma competente, e esses nerfs que virão na Atualização 8.5 só dificultam ainda mais para a maioria dos jogadores. O dano base de seus Soldados de Areia cairá em todos os níveis e começará com 10 a menos de dano no primeiro nível da habilidade e incríveis 30 a menos no nível máximo dela.

Esse é um nerf bem direto e a probabilidade de ele ser sentido entre todos os jogadores, não só pelos profissionais, é alta.

Imagem via Riot Games

Galio, por outro lado, está tendo um desempenho relativamente bom nas filas solo da América do norte como um campeão de rota do meio na média. Sua taxa de vitórias de 51 por cento é seu primeiro número de sucesso nas partidas amadoras nos últimos seis meses. No entanto, ele ainda está muito longe daqueles no topo da lista com 54 e 53 por cento de taxa de vitórias. Sua porcentagem de partidas jogadas está um pouco baixa em torno dos três por cento, mas isso não é lá tão ruim.

Infelizmente para o enorme golem de pedra, esse ápice único mas decepcionante não durará. Seus nerfs na atualização 8.5 estão se revelando ainda maiores que os de Azir, com um aumento de tempo de recarga e custo de mana em seu Ventos de guerra. Essa é sua fonte primária de dano para trocar dano à distância e afastar o inimigo em sua rota, e isso o acertará em cheio, em especial para os elos menores que têm mais problemas em gerenciar janelas de mana e tempo de recarga.

É provável que isso não o mate de vez para jogadores não profissionais como as mudanças de Azir parecem que farão. No entanto, é provável que ele caia ainda mais próximo para o fundo da lista dos melhores campeões do meio, que é onde parece que ele está condenado a ficar.

Se essas mudanças tiverem um efeito adverso muito intenso nas partidas amadoras, a Riot pode revisitá-las no futuro com mudanças mais voltadas aos profissionais onde eles são fortes demais. Nerfs em suas ultimates e utilidade provavelmente estariam no radar a esse ponto, mas por enquanto é isso que os jogadores devem esperar. Quando a 8.5 for ao ar semana que vem, Galio e Azir serão bem mais fracos.

Próximo Artigo