25 DE abril DE 2018 - 20:06

League of Legends terá 5 ranques diferentes para cada posição, duas novas ligas e novas colocações em 2019

As filas solo ficarão irreconhecíveis.
Dot Esports Brasil: Writer and Translator | Redator e Tradutor
preview
Imagem via Riot Games

As filas solo em League of Legends tem sido em geral a mesma coisa ao longo dos últimos anos, com diferentes variações como Fila Dinâmica surgindo de tempos em tempos. Em 2019, todo o sistema será alterado desde a base, de acordo com o grande anúncio da Riot de hoje.

A notícia mais chocante é a introdução de algo chamado ranques de posição, o que significa que os jogadores terão uma classificação separada para cada posição em jogo (topo, caçador, meio, atirador e suporte). O objetivo é ajudar a colocar jogadores em partidas com mais precisão contra equipes quando não se está jogando na posição principal, de acordo com a Riot.

Em outras palavras, quando um jogador for preencher automaticamente ou jogar em uma posição secundária, existe a possibilidade de que essa pessoa será menos eficiente do que se estivesse jogando em sua posição principal. Ao controlar cada posição com seus próprios ranques, o jogo deve conseguir colocar o jogador contra um inimigo tão habilidoso quanto ele naquela posição secundária, não na primária, de modo que isso pese menos.

Imagem via Riot Games

Infelizmente, existem claras desvantagens neste novo sistema. Se existem classificações separadas para cada posição, é provável que os jogadores só ligarão para seus ranques nas principais posições. Se forem preencher automaticamente em outra posição, pode parecer perda de tempo, porque mesmo se o jogador ganhar, isso não contará para a posição com a qual ele realmente se importa.

Além disso, para aquele jogador que gosta de jogar várias funções, será preciso aumentar o ranque de todas elas separadamente, em vez de só usar suas habilidades em todas para afetar seu ranque principal. Isso poderia impactar no número de jogadores em múltiplas posições e os pressionar a jogar em apenas uma posição. A Riot falou sobre esses problemas no anúncio, bem como sobre potenciais problemas mudança de rotas, mas apenas para dizer que os planos para reduzir esse impacto ainda estão sendo desenvolvidos.

As partidas de colocação também serão diferentes em 2019. Em vez de jogar 10 partidas como um jogador sem ranque, os jogadores receberão uma classificação provisória após uma única partida. Essa classificação só será visível a eles, e é garantido que o ranque final ao término das colocações não será menor que esse ranque. Após todos os 10 jogos, o ranque real será desbloqueado, e esse é o único que será tornado público.

Existem também alterações que chegarão à estrutura das classificações. Duas novas ligas serão adicionadas no grupo em algum ponto entre Bronze e Diamante, e cada liga agora será composta de quatro níveis em vez de cinco. Essas mudanças, de acordo com a Riot, devem distribuir de forma mais uniforme os jogadores por toda a classificação, o que deve ajudar a evitar o acúmulo em certos ranques.

Não só isso, mas Riot estuda formas de dividir a temporada ranqueada em três etapas, algo semelhante às ligas profissionais que consistem em duas etapas por temporada. A classificação dos jogadores não deve ser redefinida entre etapas, mas deve dar mais oportunidades aos jogadores para reavaliar seus objetivos, de acordo com ao anúncio. Além disso, a moldura ranqueada na tela de carregamento estará visível logo no início da temporada e mudará com sua classificação para te lembrar de sua jornada.

Para obter informações completas sobre todas as alterações que chegarão à ranqueada em 2019, bem como sobre recompensas exclusivas de cada ranque, leia a página de anúncio completa da Riot.

Próximo Artigo