24 DE Janeiro DE 2018 - 17:46

Grandes nerfs em Vayne, Ezreal, Evelynn e muito mais chegam na Atualização 8.2 hoje

Poucos campeões sairão ilesos.
Dot Esports Brasil: Writer and Translator | Redator e Tradutor
gallery
7 of 7
Pantheon Caçador de Dragões
Habilidades de alvo único agora atraem o foco de ataque das tropas
gallery
1 of 7
Vayne Ladra de Almas
Menor velocidade de ataque, menos dano de ataque em Hora Final
gallery
2 of 7
Ezreal Guardião Estelar
Menos dano base no Q
gallery
3 of 7
Malzahar Chefão
Menos dano mágico no Q, maior recarga no Aperto Ínfero
gallery
4 of 7
Ornn Senhor do Trovão
W não é mais irrefreável, maior recarga em Chamado do Deus da Forja
gallery
5 of 7
Evelynn Mascarada
Menor dano no Chicotear
gallery
6 of 7
Kha'zix Estrela Negra
Dano mudado da passiva pra o Q
gallery
7 of 7
Pantheon Caçador de Dragões
Habilidades de alvo único agora atraem o foco de ataque das tropas
gallery
1 of 7
Vayne Ladra de Almas
Menor velocidade de ataque, menos dano de ataque em Hora Final

A Atualização 8.2 de League of Legends chega hoje, e ela está abarrotada com grandes nerfs maids do que qualquer outra atualização dos últimos meses.

O objetivo dessa lista de nerfs é claro—esmagar os campeões mais OP do jogo todos de uma vez sem qualquer piedade. A não ser Zoe. Desculpa, galera.

Fora algumas poucas exceções, no entanto, essa atualização parece ser exatamente o que o jogo precisa. Campeões problemáticos como Vayne, Ornn, Malzahar, Ezreal, Kha'Zix, Evelynn e até Pantheon estão prestes a ser rebaixados um pouco. E esses nem são os únicos nerfs na atualização, são só os mais importantes. Se você quiser ver a lista completa de nerfs, lembre-se de ver as notas da atualização oficiais.

Vayne

Os nerfs da Vayne não são terrivelmente significativos, mas ela não está com um desempenho muito acima dos outros atiradores. Seu aumento de velocidade de ataque será reduzido de quatro por cento para 3,3 por cento por nível. O dano de ataque fornecido por sua ultimate, Hora Final, cairá em 10 de dano no primeiro nível, 20 no segundo e 30 no terceiro.

Não, esses nerfs não derrubarão ela ou a irritante build de Escudo Relicário com Cura Excessiva do meta, mas ao menos tirarão sua vantagem. Sempre há também a possibilidade de ela ser nerfada em uma atualização rápida se essas mudanças não fizerem muita diferença. Não custa sonhar, não é?

Ezreal

Ezreal já está íntimo dos nerfs. Dessa vez, o dano base de seu Q, Disparo Místico, será reduzido nos níveis iniciais para enfraquecer sua capacidade de vencer rotas. No nível máximo, a habilidade terá o mesmo dano, mas no nível um causará 20 de dano a menos.

Ao se considerar que os atiradores só tem uma vida total de poucas centenas nos primeiro níveis, 20 de dano em sua principal fonte de dano irão fazer diferença logo. Isso não deve o derrubar do meta, mas o tornará muito menos valioso. É provável que ele caia para o meio do grupo, próximo à Kalista. Sem esse dano base, também é capaz que não o vejamos na selva de novo tão cedo.

Malzahar

Conhecido como o meio arroz com feijão, Malzahar é simplesmente efetivo demais pelo pouco de habilidade necessária para jogá-lo bem. Por essa razão, seus nerfs estão entre os mais parrudos que essa atualização tem a oferecer. O aumento progressivo de seu dano mágico no Chamado do Vazio será reduzido de 80 por cento para 65, e o tempo de recarga de sua ultimate, Aperto Ínfero, subirá bastante nos primeiros níveis (20 segundos no primeiro).

Com muito menos dano em seu Q, Malzahar perdeu uma boa quantidade de dano explosivo, então ele pode ter dificuldade em se manter no páreo contra outros magos de controle. Mas ele ainda se destacará contra campeões corpo a corpo que não conseguem derrotar suas Visões Maléficas.

Ornn

Os nerfs em Ornn são um pouco estranhos. Sua habilidade mais problemática, Fôlego do Fole (aquela que o dá um escudo enorme e aplica Fragilidade) será nerfada, mas não é bem como se esperaria. Ele deixará de ser irrefreável quando estiver conjurando a habilidade, o que significa que será um pouco mais fácil aplicar controles de grupo sobre ele.

Infelizmente, o problema não é que a habilidade bloqueia, ou ao menos atrasa, os controles de grupo. O problema é que ela tem um tempo de recarga baixo demais para a quantidade de dano e proteção que oferece. Sem aumentar para valer o tempo de recarga ou diminuir a efetividade da habilidade, é difícil imaginar isso deixando Ornn mais fraco em qualquer aspecto, e é provável que ele se mantenha uma escolha popular.

Sua ultimate também será nerfada em um valor considerável. No nível um, o tempo de recarga será aumentado em 10 segundos, e no nível final será aumentado em 30 segundos.

Evelynn

Quando a única estratégia que você pode botar em jogo para colocar um campeão em cheque é fugir dele, existe um problema aí. Evelynn é efetiva até demais, então ela vai receber um nerf em seu dano.

Seu E, Chicotada, terá seu dano e o aumento de dano proporcional ao seu dano mágico muito reduzidos. Esse nerf será aplicado tanto no estado não fortalecido da habilidade quanto no estado fortalecido. Sendo assim, esse é um nerf claro e simples no dano. Isso irá tirá-la do meta? É provável que não, mas também é capaz que ela não seja mais a assassina mais forte do jogo.

Kha'Zix

De todos os nerfs na lista, o de Kha'Zix é o menos extremo, e isso pode não ser algo ruim. Kha não é tão forte, ainda mais se comparado aos do estilo de Evelynn, Jarvan IV e Sejuani. Seu "nerf" está mais para um ajuste, na verdade.

O aumento proporcional de dano de ataque em sua passiva cairá em 20 por cento, mas esse mesmo aumento de dano de ataque em seu Q será aumentado em 10 por cento. Seu Q fica obviamente disponível com muito mais frequência que sua passiva, então se uma grande luta entre equipes acontecer que o permita ficar indo e voltando da luta como quiser, ele vai acabar causando mais dano que antes do nerf. Mas ele não causará tanta explosão de dano logo de cara. Em geral, no entanto, jogadores de Kha'Zix de elo alto não notarão muita diferença já que é assim que se deve jogar com Kha de qualquer forma.

Pantheon e Teemo

Pantheon e Teemo não serão nerfados diretamente, mas uma mudança no jogo em si irá atingi-los com força nessa atualização. Habilidades com alvos únicos, como o cegar de Teemo e a lança de Pantheon (basicamente suas principais fontes de perturbação nas rotas) agora atraem por completo o foco do ataque das tropas da mesma forma que os ataques básicos. A Égide de Pantheon também não irá mais bloquear ataques de tropas de longa distância, o que significa que ele tomará o mesmo dano de tropas que já toma de outros campeões.

Essa mudança é bem significativa, mas também bastante preocupante. Para os que são do estilo de Pantheon, Teemo, Malzahar e Cassiopeia, que ficam jogando sem parar habilidades de apontar e clicar como seu dano primário, precisam dessa mudança para forçá-los para longe das ondas de tropas, o que dará aos seus oponentes um tempo para se recuperar. Infelizmente, no entanto, campeões que não são tão fortes quanto eles ou não usam tanto suas habilidades sem parar serão afetados por essa mudança da mesma forma, como Ryze, Brand, Janna e mais. Isso pode se tornar um grande problema, ainda mais para os campeões mais frágeis.

Esse incrível conjunto de nerfs chega hoje no jogo.

compartilhamentos
Próximo Artigo