30 DE Dezembro DE 2017 - 18:28

Homem é preso em Los Angeles após incidente por "swatting" que levou a uma morte em Wichita

A vítima foi baleada e morta por um policial em 28 de dezembro.
Dot Esports Brasil: Writer and Translator | Redator e Tradutor
preview
Imagem via Activision

O Departamento de Polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, prendeu um homem associado ao incidente recente de "swatting" em Wichita, Kansas.

Tyler Barriss, 25, foi preso no início da manhã de sábado, de acordo com o jornal local KWCH Eyewitness News.

"#EXCLUSIVO: O Departamento de Polícia de Los Angeles confirma que prendeu Tyler Bariss, de 25 anos, por conexão com a ligação fatal de "swatting" em Wichita. Atualizações em kwch.com . #KWCH12"

Em 28 de dezembro, o Departamento de Polícia de Wichita confirmou que uma "swatting", um trote para a unidade de operações especiais da polícia dos Estados Unidos, levou à morte de um homem de 28 anos, Andrew Finch. Um relato de outro jornal local, o The Wichita Eagle sugeriu que dois jogadores teriam tido uma discussão devido a uma partida de Call of Duty que valia dinheiro, e um dos jogadores deu o endereço de Finch em vez de seu próprio quando seu oponente ameaçou ligar para a SWAT.

Relacionado: Polícia confirma que "swatting" matou um morador de Wichita, nos Estados Unidos

Tyler foi detido pela polícia de Los Angeles na tarde de sexta-feira, de acordo com a rede NBC News. Em outubro de 2015, Tyler Barriss teria sido preso por fazer duas ameaças de bomba em um estúdio de televisão local, de acordo com o jornal Los Angeles Daily News.

Uma página do GoFundMe foi criada para que outras pessoas possam ajudar a pagar pelas despesas do funeral de Andrew.

compartilhamentos
Próximo Artigo