15 DE maio DE 2018 - 19:57

Seis cartas levarão nerfs em Hearthstone após o fim das preliminares da HCT

Sim, Chamado às Armas e Evocador Malevolente estão na lista.
Dot Esports Brasil: Writer and Translator | Redator e Tradutor
preview
Imagem via Blizzard Entertainment

A Blizzard revelou quais cartas serão nerfadas depois que o ciclo atual do Hearthstone Championship Tour (HCT) acabar.

Seis cartas estão incluídas na lista, uma do Livre e cinco que estão no Padrão, o que afeta alguns dos baralhos mais populares do jogo hoje.

Em uma tentativa de ajustar para baixo o Paladino Par e outras variantes agressivas da classe, Chamado às Armas será passado de quatro para cinco de mana. Isso o tira por completo das possibilidades para Paladino Par, que se torna um prejuízo significativo para o atual melhor baralho do meta. Para outros baralhos, ela torna-se uma opção mais cara, embora ainda poderia ser jogada em Paladino Murloc.

Após Bruxos Controle e de Cubo terem ficados dominantes antes e depois da rotação de coleções, essa abordagem receberá ajustes drásticos. Lacaio Possuído, a carta usadas para trapacear e trazer demônios enormes como Senhor do Caos, irá de cinco de mana para seis. Isso significa que ele só pode ser morto com um Pacto Sombrio no turno sete para pegar o Senhor do Caos cedo.

Falando em Pacto Sombrio, ele também receberá um nerf. Agora, ele irá curar apenas quatro de vida em vez de oito. Evocador Malevolente, que também tem sido forte em ambos os lados da rotação, também ficará mais caro. Ele irá de seis de mana para sete.

Ladino de Missão voltou à moda com seu finalizador de partidas arrebatador, então o baralho receberá outro nerf. Após primeiro aumentar a exigência de quatro para cinco cópias de um lacaio em julho do ano passado, a recompensa da missão será afetada desta vez. Os lacaios agora serão só 4/4 pelo resto do jogo em vez de 5/5.

O nerf final afeta apenas o Livre, mas é grande. Em agosto do ano passado, o efeito da Bruxa do Mar Naga foi mudado para que o desconto em invocação de lacaios fosse aplicado antes de qualquer outra redução de mana. Isso fez com que baralhos de Gigantes no Livre, com enormes 8/8 de zero mana, aparecessem aos montes. A carta subirá em custo de cinco de mana lá para oito. A Blizzard realmente gosta que o baralho de gigantes seja viável, mas ele precisa ser mais caro.

Esses nerfs devem ser lançados em algum momento após a conclusão do ciclo atual da HCT, de modo que os jogadores profissionais não sejam afetados por quaisquer mudanças bruscas e de última hora em cartas que eles estão usando.

Próximo Artigo