16 DE junho DE 2018 - 18:54

Calyx: "Algumas vezes perco a motivação, mas minha equipe tem me ajudado muito"

Calyx e XANTARES da Space Soldiers falam sobre o desempenho da equipe na ESL One Belo Horizonte.
Dot Esports Brasil: Writer and Translator | Redator e Tradutor
preview
Foto via DreamHack

A equipe turca Space Soldiers quase acabou com a festa da torcida brasileira que assistia à ESL One Belo Horizonte de Counter-Strike: Global Offensive.

A Space Soldiers, com Can "XANTARES" Dörtkardeş and Engin "MAJ3R" Kupeli, começou o torneio aniquilando os anfitriões da SK Gaming em uma vitória dominante por 2-0 na quarta-feira (16-13 na Cache, 16-11 na Inferno). Os jogadores turcos só precisavam de uma vitória na sequência contra a FaZe Clan para avançar para a semifinal. No entanto, eles foram dominados pela equipe europeia e perderam por 2-0 (16-9 na Inferno, 16-6 na Mirage) e enfrentaram de novo a SK Gaming na partida decisiva no ginásio do Mineirinho.

A Space Soldiers, que teve a chance de mandar os anfitriões embora, não aguentou jogar contra a SK em frente à torcida empolgada de Belo Horizonte e foi eliminada do torneio após uma derrota por 2-0 (16-14 na Cache, 16-6 na Dust II).

XANTARES e Buğra "Calyx" Arkın conversaram com o Dot Esports após a derrota. Eles explicaram sua mentalidade durante as partidas, o que aconteceu de errado nas duas séries e por que a equipe decidiu encerrar suas contas no Twitter por um tempo.

Vocês tiveram resultados decentes no passado, em especial no DreamHack Austin. O que deu errado contra a FaZe na ESL One Belo Horizonte?

Calyx: Em Austin, queríamos mesmo ganhar. Mas contra a FaZe, não sei o que aconteceu exatamente. Foi bastante estressante. Não conseguimos jogar nosso jogo.

XANTARES: Para começar, a FaZe é um time de primeira classe. Acreditávamos que poderíamos jogar com força total contra eles, mas a partida não foi como gostaríamos. Eles jogaram muito bem, ainda mais individualmente. A habilidade individual que eles exibiram foi perfeita. Erramos muito contra eles, então simplesmente perdemos no jogo.

O que você achou das partidas contra a SK? Primeiro vocês venceram contra a SK na Cache e depois acabaram perdendo. Qual foi o fator diferencial entre as partidas?

Calyx: Na verdade jogamos os dois mapas da mesma forma. Não mudamos nada. Mas nosso lado CT em geral é ruim na Cache, e eles são uma equipe boa no lado terrorista. Na fase de grupos, vencemos quatro rodadas na primeira metade e ontem vencemos mais quatro. Perdemos rodadas importantes e por isso não conseguimos nos recuperar.

Por que vocês optaram por desativar suas contas no Twitter por um tempo?

XANTARES: É algo entre a Space Soldiers e nós. Não é algo legal de conversar no momento. Só estamos representando a Space Soldiers. Estamos fazendo nosso melhor para representá-los, representar nosso país. É tudo que posso dizer.

Calyx, algumas vezes as pessoas olham para a Space Soldiers e lembram de Xantares e Maj3r hoje, mas você teve um ótimo desempenho no torneio. Como você se sente com relação ao seu desempenho hoje?

Calyx: Me sinto bem. Algumas vezes perco a motivação, mas minha equipe tem me ajudado muito. Me sinto bem com meu desempenho.

Quais são os planos no longo prazo para a Space Soldiers até o próximo [FACEIT Major: London 2018] e para os torneios até lá?

XANTARES: Até o Major ainda faltam alguns meses. Depois do Brasil, só vamos tirar alguns dias de folga, descansar um pouco, e então vamos começar a treinar como na rotina normal, e então teremos uma folga maior. Teremos umas férias, e depois disso, acho que vamos para a Europa em um bootcamp [na Alemanha] antes do Major. E então jogaremos o Major. Antes disso, também vamos jogar as qualificatórias da DreamHack.

Próximo Artigo