Riot e seus cofundadores doam 1,5 milhão de dólares para ajudar em combate ao coronavírus

A Riot e seus dois cofundadores, Marc Merill e Brandon Beck, doaram 500.000 cada.

Imagem via Riot Games

A Riot Games doou 1,5 milhão de dólares (o equivalente a aproximadamente R$ 7,5 milhões) a ONGs locais e ao fundo de reserva do governo para ajudar no combate ao coronavírus na Califórnia. A doação foi anunciada pelo prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti.

A Riot contribuiu com 500.000 do 1,5 milhão, e os cofundadores Marc Merill e Brandon Beck doaram mais 500.000 cada um.

“Temos muita sorte, aqui em LA, de ter indústrias que fazem crescer não apenas nossa cidade, mas nosso país e a economia mundial”, disse Garcetti. “A indústria dos games é uma delas, e uma das líderes do mercado é a Riot Games.”

A doação será dividida entre o Los Angeles Food Bank, reserva de comida da cidade de Los Angeles (400.000), e o fundo da prefeitura para auxílio no combate ao coronavírus (200.000). O combate inclui ajuda de custo a serviços de saúde, cuidado de crianças, alimentação de idosos e moradores desempregados e de baixa renda de Los Angeles. Os outros 900.000 serão destinados a ONGs locais.

Os EUA têm o terceiro maior número de casos do mundo, com 50.000 confirmados, e a epidemia está se espalhando rapidamente, especialmente em certos pontos das costas Leste e Oeste. O número oficial de casos confirmados da Califórnia passa de 2.600, mas, levando em conta que existem limitações como a falta de testes, o número real é bem maior.

O Congresso dos EUA aprovou uma medida provisória que destina 2 trilhões de dólares do fundo de emergência para o combate ao coronavírus.

Artigo publicado originalmente em inglês por Eva Martinello no Dot Esports no dia 25 de março.