Quem é FaZe Tfue e por que ele foi banido da Twitch? | Dot Esports Brasil

Quem é FaZe Tfue e por que ele foi banido da Twitch?

Tudo o que você precisa saber os maus lençóis em que está Tfue. De novo.

Imagem via Tfue

Turner “Tfue” Tenney pode ser um dos melhores jogadores de Fortnite: Battle Royale do mundo, mas ele também chamou bastante atenção nos últimos meses. Ele acumulou dois banimentos na Twitch e uma suspensão em Fortnite pela Epic Games.

Pouco depois de Tfue atingir 30.000 assinantes em seu canal na Twitch no final de agosto, sua conta foi suspensa. Ao visitar seu canal da Twitch é mostrado que seu canal está “indisponível”. Em 23 de agosto, Tfue fez um tweet dizendo que sua conta foi “suspensa”, e que sua conta do YouTube foi “excluída”. Ainda há informações vagas sobre o banimento de Tfue e quando ele será terminado, embora alguns fãs especulem que ele poderia voltar a qualquer momento à Twitch.

Enquanto isso, isso é o que você precisa saber sobre Tfue e a natureza de seu banimento.

Quem é Tfue?

Imagem via Tfue

Tfue iniciou sua carreira como um YouTuber e streamer da Twitch, focando-se em jogos como Call of Duty e Destiny. Com o passar do tempo, ele foi para os títulos de battle royale como H1Z1 e PlayerUnknown’s Battlegrounds, que o levaram a Fortnite: Battle Royale quando esse jogo da Epic decolou.

Durante o ano passado, Tfue tornou-se um jogador muito popular de Fortnite, e alguns o consideram como um rival do streamer mais popular de Fortnite, Tyler “Ninja” Blevins. Tfue foi convidado para a FaZe Clan em abril de 2018, o que sacramentou seu papel nos esports de Fortnite. Ele desde então já competiu na Summer Skirmish Series da Epic Games em 2018.

Quais são as controvérsias de Tfue?

https://www.youtube.com/watch?v=L3mjxZXxEFQ

Enquanto seu concorrente Ninja tem evitado grandes controvérsias na maioria das vezes, Tfue fica muitas vezes em maus lençóis por seu comportamento online, durante transmissões e como dono de um canal na Twitch.

Tfue foi banido da Twitch pela primeira vez em maio de 2018 após se referir a outro jogador com a palavra “coon”, um insulto racista muito usados contra os negros nos Estados Unidos. Ele então tentou minimizar o incidente, dizendo que usou a palavra para descrever um jogador que “jogava como uma cobra, como um guaxinim”, já que guaxinim em inglês é “racoon”, e que ele “não queria usar [o termo] de forma racista”, a Newsweek relatou. Independentemente de sua intenção, a Twitch baniu Tfue de transmissões por 30 dias.

E também há o banimento de Tfue em Fortnite. A Epic Games suspendeu temporariamente Tfue de jogar o jogo depois de Tfue violar o Acordo de Licença do Usuário Final ao vender contas de Fortnite com visuais raros. Ele incentivou usuários do Twitter a entrarem em contato com ele por mensagem direta para comprá-las, a Newsweek relatou. Um funcionário da Epic Games então foi ao Reddit para falar sobre o banimento de Tfue, mostrando como Tfue havia violado intencionalmente o Acordo do jogo.

“Venda ou compra de contas violam nosso acordo”, o funcionário arctyczyn da Epic Games disse no subfórum r/FortNiteBR. “Tfue sabia disso e se envolveu nessa atividade mesmo assim. Ele também foi notificado do motivo de seu banimento de conta, mas não divulgou essa informação para seus espectadores durante a transmissão.”

Por que Tfue foi banido desta vez?

Em 23 de agosto, Tfue foi banido da Twitch de novo, desta vez com pouca explicação. Os fãs foram rápidos para especular diferentes teorias, sugerindo que Tfue invadiu um canal de um streamer pequeno e escreveu ofensas racistas ou homofóbicas. Tfue não recebeu oficialmente a confirmação do motivo do banimento, embora ele ainda possa ser visto publicando em sua conta do Twitter.

Quanto ao paradeiro de Tfue e motivo do banimento da Twitch, o irmão de Tfue Jack “10E” Tenney afirmou em um vídeo no YouTube que o Tfue foi banido da Twitch por 14 dias porque “os usuários do seu bate-papo foram tóxicos” com um streamer menor.

“Parece que os usuários do seu bate-papo o levaram a ser banido, o que não faz nenhum sentido”, 10E disse em um vídeo.

Dito isto, há afirmações que não batem sobre o porquê Tfue foi banido. No dia 25 de agosto, o pai de Tfue disse no Instagram que seu filho foi banido “por dizer uma palavra proibida na Twitch”, enquanto o Dexerto alega que Tfue foi suspenso por dizer “tenho AIDS” na transmissão, o que é desagradável mas não condenável no mesmo nível.

Enquanto a suspensão de Tfue permanece incerta, tanto 10E quanto seu pai afirmam que Tfue foi hackeado. O pai de Tfue alega que a conta do YouTube de Tfue foi retirada do ar por um “hacker criminoso”, de acordo com a publicação de 23 de agosto no Instagram. 10E confirmou a alegação e criticou o YouTube por não devolver a conta de Tfue com rapidez.

“Faz seis dias que seu canal foi excluído e ainda não foi recuperado, o que me deixa completa e absurdamente abismado”, 10E disse em seu vídeo.

Ele será liberado?

Parece provável, mas ninguém sabe quando. Enquanto transmitia Fortnite, seu companheiro de FaZe Clan FaZe Cloak disse que Tfue seria liberado na terça-feira, 4 de setembro, que é hoje. Por outro lado, 10E alegou que a suspensão de Tfue da Twitch foi de 14 dias, o que significa que Tfue não poderia voltar à Twitch até quinta-feira, 6 de setembro. De qualquer forma, pode esperar a volta de Tfue à Twitch. Se Tfue quebrou ou não as regras da Twitch, foi hackeado ou só foi vítima dos boatos são outros quinhentos