Valve interrompe o desenvolvimento de Artifact 2.0, tornando ambas as versões gratuitas

Pressione F para prestar respeito.

Imagem via Valve

A Valve não trabalhará mais em Artifact ou em sua sequência, anunciou a empresa hoje.

Quando foi anunciado pela primeira vez em 2017, a reação à Artifact já era mista, na melhor das hipóteses. O jogo foi lançado em novembro de 2018, apenas para perder quase 90 por cento de seus jogadores em questão de cinco meses. Enquanto a jogabilidade era inovadora o suficiente com muitas mecânicas legais, os fãs estavam divididos sobre o modelo econômico e os elementos aleatórios de Artifact. Depois de perceber as falhas fundamentais da versão original, a Valve anunciou que voltaria à prancheta.

Mas hoje, o desenvolvimento de Artifact 2.0, a versão revisada de Artifact, chegou ao fim.

“Embora estejamos razoavelmente satisfeitos por termos alcançado a maioria de nossos objetivos de jogo, não conseguimos levar o número de jogadores ativos a um nível que justifique um maior desenvolvimento neste momento.” disse a Valve. Apesar de todos os novos recursos e correções, Artifact 2.0 ainda não foi capaz de convencer a base de fãs a retornar ao jogo.

A comunidade ainda estava dividida sobre se a versão original do jogo era realmente melhor do que o produto retrabalhado. As ondas de convites para o beta também foram mais lentas do que o esperado, fazendo com que a maioria das pessoas perdesse o interesse.

Mesmo que a Valve esteja interrompendo o desenvolvimento de Artifact 2.0, a empresa manterá as duas versões do jogo vivas. A versão original está sendo renomeada para Artifact Classic, enquanto a versão 2.0 beta agora é chamada de Artifact Foundry.

Artifact Classic é gratuito para jogar e os jogadores terão acesso a todas as cartas desde o início. A integração do marketplace foi removida do jogo, mas os jogadores que compraram o jogo e as cartas no passado receberão a versão “Edição de Colecionador” de sua coleção, que será comercializável. Os ingressos pagos para eventos também acabaram, o que significa que os jogadores poderão desfrutar de todos os modos de jogo. Os jogadores pagos continuarão a ganhar cartas da Edição de Colecionador durante o jogo, mas os usuários de acesso gratuito não.

Artifact Foundry também será gratuito para jogar e as cartas serão desbloqueadas durante o jogo. Não haverá pacotes de cartas ou cartas à venda, o que significa que jogar é a única maneira de desbloquear todas as cartas. As cartas de Artifact Foundry não estarão à venda e toda a arte da carta que foi criada para o jogo agora está ativa.

A adição de uma Edição de Colecionador ao Artifact Classic significa que o reembolso do título original não será possível e o torneio com prêmio de US$ 1 milhão previsto provavelmente não acontecerá. 

Embora manter as duas versões do jogo vivas seja uma excelente forma de homenagear o legado de Artifact, algumas pessoas podem se perguntar se havia outras maneiras de salvar o jogo. Não teve problemas para atrair jogadores com um potencial torneio parecido com o internacional no horizonte.

Os jogadores que desistiram logo após seu lançamento em 2018 não tiveram muitas chances de ouvir sobre o jogo. Apenas os fãs dedicados em centros de comunidade como o Reddit estavam atualizados o suficiente para experimentar a versão mais recente do jogo.

O Artifact poderia reviver seus dias de glória com um pouco de marketing, mas se isso ainda não justifica os custos, seria difícil culpar a Valve por finalmente ter puxado o plugue.

Artigo publicado originalmente em inglês por Gökhan Çakır no Dot Esports no dia 04 de março.