Twitch diz a XQc que ele é um “risco para a imagem” da plataforma

Devido a ele já ter parceria, isso não deve fazer diferença.

Foto de Robert Paul via Blizzard Entertainment

A Twitch permite que qualquer pessoa faça streams em sua plataforma e peça parceria. Mas parece que algumas pessoas, mesmo grandes streamers, podem ser vigiadas bem de perto.

O antigo profissional de Overwatch e agora streamer Félix “xQc” Lengyel disse que a Twitch classifica certos streamers como “risco para a imagem” da plataforma, e que a empresa disse que ele era um deles.

A questão surgiu na stream dele quando ele falou sobre Silker, outro streamer que tem grande audiência na plataforma e que ainda não recebeu uma oferta de parceria da Twitch. Com a parceria, o streamer pode colocar anúncios em seu canal na Twitch e, portanto, ganhar um pouco mais de dinheiro.

“O motivo de verdade, eu imagino, é que ele anda com várias pessoas que não são ‘amigáveis’ à marca e que são consideradas um risco para ela”, disse xQc sobre Silker. “Se ele sentasse e fizesse colaborações por um tempinho, sem colaborar com pessoas que são consideradas riscos, ele conseguiria na hora. Eu sou um risco, já me disseram.”

O status de “risco” de XQc não muda nada para ele. Ele já é parceiro.

Toda plataforma que tem anúncios se preocupa com esses anúncios aparecendo perto de conteúdo sensível ou controverso. É bem fácil para o anunciante simplesmente tirar os anúncios, afinal. É por isso que dar parcerias a alguns desses streamers representa um risco para o negócio e a marca da Twitch.

O caso da parceria de Silker ainda não está completamente claro, e essa é só a opinião de xQc com as informações que tem. Mas a explicação dele mostra um pouco de como a Twitch funciona ao analisar pedidos de parceria e gerenciar streamers que já estejam associados à plataforma.

Artigo publicado originalmente por Bhernardo Viana em inglês no Dot Esports no dia 16 de agosto.