Computador de shroud dá “tela azul da morte” depois de terminar stream de 25 horas de WoW Classic

Ele teve sorte e azar ao mesmo tempo.

Imagem via Shroud

Michael “shroud” Grzesiek é um dos maiores entre os streamers da Twitch que abriram mão de seus horários normais para transmitir World of Warcraft Classic, que foi lançado no começo desta semana. Assim como muitos outros, shroud tem jogado bastante, talvez até demais, o MMORPG. E o computador dele parece pensar o mesmo.

A “tela azul da morte” do Windows apareceu no monitor de shroud logo depois de terminar uma stream de 25 horas de WoW Classic na noite de ontem. Enquanto ele conversava com os espectadores do bate-papo, prestes a encerrar a stream, ele disse que a tela ficou azul e mostrou aquele infame erro que encerra todos os processos do computador, exigindo a reinicialização.

Shroud não pareceu muito incomodado. Ele só disse que achou “interessante” receber o erro e continuou conversando sobre seus planos para jogar WoW Classic no dia seguinte. Apesar o apelido do erro falar em “morte”, dificilmente é um erro que significa uma grande falha no computador, ou que ele vá precisar de conserto. Normalmente, só precisa reiniciar ou recuperar uma instalação anterior.

A stream de 25 horas de shroud foi incomum para os padrões dele. É raro que suas streams durem mais de 8 horas por dia e ele é conhecido pelos jogos de tiro como Apex Legends, Playerunknown’s Battlegrounds e, recentemente, um modo de GTA V. Mudar para um RPG como WoW Classic em uma stream três vezes mais longa do que o normal foi um evento único para os espectadores.

A mudança de shroud para o WoW Classic deve durar um tempo. Ele disse na stream que quer atingir o nível 60 e fazer as raids, e até pediu para a namorada entrar na conta dele enquanto ele dormia, para ficar na fila antes de começar a stream.

Ele só precisa esperar que a tela azul da morte não apareça novamente, especialmente no meio de uma dungeon. Isso o colocaria de volta à fila, fazendo com que precisasse esperar algumas horas antes de entrar novamente no reino.

Artigo publicado originalmente por Bhernardo Viana em inglês no Dot Esports no dia 28 de agosto.