Activision oferece atualização sobre o anti-trapaça RICOCHET do Call of Duty, depois que parte dele vazou ontem

O "vazamento" de ontem pode ter feito parte do plano.

Imagem via Activision

A Activision nos atualizou sobre o sistema anti-trapaça RICOCHET do Call of Duty hoje, dizendo que será fornecida uma versão de pré-lançamento do driver para “selecionar terceiros”.

Ontem, uma versão do kernel do RICOCHET apareceu em fóruns de hackers, levando muitos a acreditar que havia vazado, dando aos provedores de trapaça a oportunidade de explorar o sistema semanas e meses antes de seu lançamento. Mas agora, parece que tudo faz parte do plano estabelecido pelos desenvolvedores da Activision e do CoD.

“O RICOCHET Anti-trapaça está ao vivo em um teste controlado”, disse a Activision. “Antes de colocá-lo em seu PC, estamos testando muito.” Esse teste inclui o fornecimento de uma versão do RICOCHET a terceiros, como desenvolvedores de trapaça, para testes rigorosos. Como muitos suspeitaram, o “vazamento” parece ter sido controlado.

Basicamente, para que o RICOCHET funcione da melhor maneira possível, a Activision parece estar usando hackers e trapaceiros para ver o que pode ou não funcionar no sistema. Dessa forma, quando chegar a hora de um lançamento completo para o público, algumas falhas já terão sido corrigidas.

A equipe também disse que está preparando atualizações do lado do servidor para o lançamento, que virá em algum momento depois de Call of Duty: Vanguard em 5 de novembro. RICOCHET vai estrear em Call of Duty: Warzone quando o seu mapa do Pacífico chegar ainda este ano.

O RICOCHET está sendo chamado de “amplo aprimoramento para a segurança” do Call of Duty e a proteção em nível de kernel que ele oferece no PC é apenas uma parte dele.

“A iniciativa RICOCHET Anti-trapaça é uma abordagem multifacetada para combater trapaças, apresentando novas ferramentas do lado do servidor que monitoram análises para identificar trapaças, processos de investigação aprimorados para eliminar trapaceiros, atualizações para fortalecer a segurança da conta e muito mais”, disse a Activision. em 13 de outubro.

Artigo publicado originalmente em inglês por Scott Duwe no Dot Esports no dia 15 de outubro.