Como reivindicar um assentamento em New World

Esta cidade não é grande o suficiente para nós três.

Imagem via Amazon Studios

Ao carregar pela primeira vez em um servidor do New World, você perceberá que cada um deles será diferente um do outro quando se trata de controle de mapa. O sistema de Território e Assentamento permite que os jogadores reivindiquem terras e afirmem seu domínio no mapa. Quando uma companhia, o equivalente do clã em New World, reivindica um assentamento, os jogadores receberão fortalecimentos ou outros bônus menores que podem ajudá-los enquanto estiverem no mundo.

Os assentamentos são pontos pré-construídos no mapa e serão o primeiro alvo da maioria das companhias. Uma vez que um assentamento seja reivindicado, seus proprietários terão a opção de construí-lo, até mesmo transformá-lo em uma pequena cidade.

Se você está pensando em reivindicar um assentamento com seu grupo, você precisará se juntar a uma das três facções primeiro. No início do jogo, você não fará parte de nenhuma dessas facções, mas deverá escolher uma durante uma linha de missão.

Antes mesmo de pensar em reivindicar um assentamento, você precisará assumir o controle do respectivo território com sua companhia. Durante o período de lançamento do New World, os assentamentos começaram sem dono e os jogadores puderam reivindicá-los pagando uma taxa de reivindicação. Este também deve ser o caso se a Amazon Game Studios decidir adicionar mais servidores ao jogo no futuro. Você precisará encontrar o mastro, que geralmente está localizado no centro das cidades, para poder acessar a interface de reivindicação.

Reivindicar um assentamento ocupado será uma história diferente, pois você precisará travar uma guerra contra a companhia que atualmente controla aquele assentamento. O vencedor terá o direito de reclamar o assentamento. Isso significa que ser proprietário de um assentamento será tão difícil quanto capturar um.

Os jogadores que não fazem parte de uma companhia serão solicitados a criar ou ingressar em uma antes de reivindicar um território, exatamente como mostrado aqui.  

Artigo publicado originalmente em inglês por Gökhan Çakır no Dot Esports no dia 28 de setembro.