Sequência de The Legend of Zelda: Breath of the Wild é adiada para o primeiro semestre de 2023

A Nintendo decidiu adiar o jogo para que os desenvolvedores tenham mais tempo para criar "algo especial".

Captura de tela via Nintendo

Finalmente os anos de especulações acabaram: a sequência de The Legend of Zelda: Breath of the Wild, lançado em 2017, foi oficialmente adiada para o primeiro semestre de 2023, segundo um anúncio da Nintendo. 

O jogo, cujo lançamento para o Nintendo Switch estava previsto para este ano, nunca teve uma previsão mais exata que “2022”.

“Anteriormente, anunciamos que nossa previsão era lançar esse jogo em 2022”, disse o produtor da série, Eiji Aonuma. “No entanto, decidimos estender um pouco o tempo de desenvolvimento e adiar o lançamento para o primeiro semestre de 2023. Pedimos desculpas aos que estavam ansiosos para conhecer o jogo neste ano.”

No anúncio, foram usadas as mesmas imagens dos trailers anteriores, com apenas algumas novidades, e não foi divulgado o título oficial. Isso provavelmente significa que a Nintendo pretende fazer um evento dedicado a Breath of the Wild 2 neste ano, quando o lançamento estiver se aproximando.

Captura de tela via Nintendo

Aonuma explica, sem entregar muitos detalhes, que a decisão foi tomada para que a equipe de desenvolvimento tenha mais tempo para tornar especial a experiência no jogo e que a escala desse jogo é bem maior.

“A aventura dessa sequência não se passará apenas em terra firme, como no jogo anterior, mas também no céu”, disse Aonuma. “O mundo expandido, no entanto, vai além disso e haverá ainda mais variedade de recursos para aproveitar.”

É bem possível que Breath of the Wild 2 seja o maior lançamento do primeiro semestre de 2023 para a Nintendo, talvez até perto de 3 de março, quando o jogo anterior foi lançado.

Artigo publicado originalmente em inglês por Cale Michael no Dot Esports no dia 29 de março.