Como verificar o status do servidor do Discord durante suas interrupções

Você pode encontrar a resposta com apenas alguns cliques.

Imagem via Discord

Com milhares de pessoas sentadas em casa e praticando o distanciamento social durante o surto de coronavírus, o Discord tem caído e sofrido interrupções generalizadas de servidores nos últimos dias.

Talvez você ainda consiga acessar alguns dos servidores do Discord enquanto ele estiver em uma dessas quedas, mas outros provavelmente mostrarão uma mensagem de erro após a falha na conexão. Isso ocorre porque, de acordo com o Discord, o problema não está afetando o serviço como um todo e está realmente causando problemas apenas para uma parte dos servidores. 

Mas esse é um grande problema para pessoas que não conseguem acessar seus servidores e conversar com amigos, colegas de trabalho e outras pessoas com quem precisam se comunicar.

 O fluxo de usuários que estão no Discord pode ter causado dificuldades no serviço. O Discord já aumentou seu limite de transmissão ao vivo e compartilhamento de tela para ajudar seus usuários a se comunicarem com mais eficiência durante o surto, o que só promoveu ainda mais usuários a abarrotar os servidores.

Portanto, se você estiver enfrentando algum dos efeitos negativos das interrupções e interrupções do servidor, veja como verificar o status do servidor do Discord.

O Discord possui uma página dedicada para listar todas as interrupções e erros do servidor que os desenvolvedores estão trabalhando para corrigir conforme são apontados ou descobertos. A página de status exibirá todos os erros em andamento na guia “Interrupções do servidor e erros aumentados de API”, com relatórios e correções anteriores na parte inferior da página. 

Você pode ver se a interrupção que está ocorrendo se deve a um problema real ou apenas à equipe do Discord trabalhando para corrigir outros problemas. O Discord também é muito proativo em informar aos usuários sobre os agendamentos de manutenção do servidor e se a equipe encontra algum problema que esteja causando interrupções pelo Twitter oficial do serviço.

Artigo publicado originalmente em inglês por Cale Michael no Dot Esports no dia 16 de março.