Call of Duty: Mobile será lançado na China em 25 de dezembro

Mais de 55 milhões de pessoas já se registraram.

Imagem via Activision

Mais de um ano após o lançamento global, os jogadores da China poderão jogar Call of Duty: Mobile a partir de 25 de dezembro, de acordo com o analista sênior da Niko Games, Daniel Ahmad.

A principal razão para esse atraso no lançamento pode ser as rígidas leis de regulamentação da China. CoD: Mobile obteve a aprovação para lançamento no país apenas em agosto passado, de acordo com o South China Morning Post. Desde então, a Activision tem promovido fortemente o jogo, até mesmo atraindo o popular cantor taiwanês Jay Chou para apoiá-lo.

O entusiasmo pelo jogo no país asiático é, sem dúvida, alto. Já ultrapassou 55 milhões de pré-inscrições.

Call of Duty: Mobile foi desenvolvido pela Tencent em parceria com a Activision. O presidente da Activision, Rob Kostich, disse durante a teleconferência de resultados do terceiro trimestre da empresa no mês passado que eles vêem um grande potencial para CODM na China.

Ainda não está claro como a versão chinesa de Call of Duty: Mobile funcionará com a versão global. Já existem duas versões de Call of Duty: Mobile, uma publicada globalmente pela Activision e outra pela Garena no Sudeste Asiático. Embora esses dois jogos recebam atualizações ao mesmo tempo, os jogadores não podem jogar juntos entre essas versões. Podemos ver algo semelhante com o CODM na China.

Artigo publicado originalmente em inglês por Wasif Ahmed no Dot Esports no dia 10 de dezembro.