Blizzard planeja ajustes a Lótus Preto em World of Warcraft Classic

Quer procurar umas flores?

Imagem via Blizzard Entertainment

O Lótus Preto é a planta mais rara e um dos reagentes mais procurados de World of Warcraft Classic. E a Blizzard anunciou que pretende fazer pequenas mudanças a seu padrão de aparição no mundo aberto.

No WoW original, o Lótus Preto podia aparecer em aproximadamente 10 locais, apenas em algumas das zonas de nível mais alto do mundo. Apesar de poder ser encontrado em alguns poucos lugares, a raridade era tão alta porque só um Lótus Preto podia aparecer em cada zona por vez. Depois que alguém coletasse um, levava entre 45 e 90 minutos para o próximo aparecer.

Não era um problema tão grande na versão original de WoW. Mas, com o aumento da base de jogadores em Classic e a quantidade de conhecimento à disposição dos jogadores, a caça pelos Lótus Pretos começou a sair do controle.

Por haver uma quantidade tão limitada da planta disponível, independentemente de quão eficiente fosse a caça, o preço dos Lótus Pretos começou a subir exponencialmente e para valores absurdos. Agora chegou ao ponto de os jogadores começarem a usar várias contas diferentes e esperar nos pontos onde a planta nasce, ou até procurar a planta em servidores menos populosos e depois transferi-la para os servidores maiores.

Além disso, houve alguns relatos de uso de bots para ajudar a conseguir Lótus Pretos e vendê-los fora do jogo em sites ilegais.

Com a situação tão descontrolada, a Blizzard disse hoje que planeja diminuir o intevalo de tempo em que o Lótus Preto aparece. A desenvolvedora também pensa em adicionar mais possíveis locais para aumentar a disponibilidade, além de reduzir a probabilidade de “máfias” online tentarem controlar o mercado de Lótus Preto.

“No WoW original, os designers planejaram o Lótus Preto com algumas limitações técnicas”, disse Kaivax, gerente de comunidade do WoW. “Nós não temos mais essa limitação, mas ela nos deu uma intenção em termos de design: O Lótus Preto pode aparecer em uma ampla variedade de locais, mas só um pode aparecer por vez em cada zona. Como sempre, nosso objetivo é reduzir as diferenças do Classic para o World of Warcraft original, e acreditamos que agora seja o caso de seguir a intenção do design de uma forma que se encaixe nas condições modernas e seja boa para os jogadores.”

A decisão da Blizzard é uma das poucas que se desviam da forma original do WoW. Durante o desenvolvimento de Classic, um dos maiores tópicos de discussão sobre o jogo era se a Blizzard conseguiria fazer alguma mudança à forma original.

Tendo em mente quão enfáticos alguns fãs de Classic foram em relação a não querer mudanças (usando a hashtag #NoChanges nas redes sociais e fóruns), a Blizzard tentou fazer o melhor possível. Mas, com as seguidas atualizações, tem ficado mais evidente que não é possível fazer algo tão parecido com uma base de jogadores tão grande quanto a atual.

Artigo publicado originalmente em inglês por Max Miceli no Dot Esports no dia 28 de maio.