Ultimates de Jett e Reyna enfraquecidos na atualização 1.09 de VALORANT

Não vi esta vindo.

Imagem via Riot Games

A duelista de VALORANT pode precisar afiar suas facas após a atualização 1.09.

A próxima atualização está introduzindo uma série de mudanças que podem causar uma grande mudança no meta, de acordo com um vídeo de prévia da atualização do canal coreano de VALORANT. Desde então, a Riot lançou as notas completas da atualização detalhando todas as mudanças. Com Operator passando por enfraquecimentos pesados, Jett já está recebendo um golpe indireto. Mas Riot decidiu enfraquecer ainda mais a duelista, junto com Reyna.

Blade Storm de Jett está sendo o alvo, provavelmente devido ao seu potencial de sobrepujar jogadas em ranques mais altos. Os jogadores podem facilmente dar um tiro no oponente e usar a mobilidade de Jett para se reposicionar para o próximo alvo.

Mas a atualização 1.09 reduz o multiplicador de Headshot das rajadas de 3x para 2x, inicialmente traduzido pela Liquipedia. E Burst Fire terá agora, as adagas lançadas por meio de rajadas com uma queda de dano que começa em 12 m e cai continuamente (alcançando 35 de dano) ao chegar ao limite. Também haverá aumento no tempo de intervalo entre rajadas de 0,33 s para 0,45 s.

Combine essas mudanças com os severos enfraquecimentos no Operator e Jett pode ter dificuldade em manter a cabeça acima da água. O preço do Operator está sendo aumentado para 5.000 e está recebendo enfraquecimentos para sua cadência de tiro, velocidade de movimento, precisão de zona morta e enfraquecimentos de tempo de equipagem instantânea. Visto que a maioria dos jogadores de Jett usa o Operator, ambos podem diminuir a prevalência daqui para frente.

E a cadência de tiro de Reyna durante sua ultimate está diminuindo de 25 para 15 por cento. Embora a duelista seja conhecido por pisar nas patentes mais baixas, isso deve dar aos oponentes uma chance durante lutas um-a-um.

Artigo publicado originalmente em inglês por Andreas Stavropoulos no Dot Esports no dia 29 de setembro.