Todas as mudanças de mapa chegando na atualização 4.0 do VALORANT

Breeze pode parecer muito diferente após esta atualização.

Imagem via Riot Games

A atualização 4.0 do VALORANT está programada para ser lançada na próxima semana. Mas hoje, a Riot Games revelou as notas da atualização, que incluem dois mapas, Bind e Breeze, cada um recebendo algumas alterações.

Bind está recebendo duas pequenas atualizações, incluindo um “novo banco para uma confusão ao dar a primeira espiada” e uma mudança para um ponto de estrangulamento que agora dará aos atacantes opções para avançar. O ponto de estrangulamento é no Curto A e anteriormente permitia que os sentinelas usassem fumaças no local, deixando poucas opções para os atacantes passarem por ele. A área será alterada para dar aos atacantes uma chance de passar pelo ponto.

Embora Bind tenha apenas algumas alterações feitas nele, há uma longa lista de alterações para Breeze. Algumas mudanças menores incluem duas pilhas de caixas sendo adicionadas à caverna, uma parede curva ajustada no Meio e a porta em B, que terá que terminar de abrir ou fechar antes de poder ser reativada.

Algumas das mudanças terão um impacto maior na jogabilidade. Por exemplo, o estrangulamento no A Principal será alterado para aumentar sua largura. Um terreno também será alterado na parte de trás, onde uma cobertura será ajustada e a piscina será estendida até a parede oposta. Essa mudança fornece mais cobertura para os defensores e um lugar para onde se refugiar.

Uma grande parte do Local B também será ajustado. O pilar terá cobertura adicional, haverá uma nova parede na parte de trás do local que o bloqueia e uma pilha de caixas será adicionada à Parede B também. Os desenvolvedores disseram nas notas da atualização que “a nova cobertura no pilar permite novas oportunidades de pré e pós-plantio” e a parte de trás do local ajustada dará aos jogadores novos lugares para encontrar cobertura. A nova pilha de caixotes na Parede B parece uma pequena mudança, mas os desenvolvedores esperam que eles interrompam as lutas estranhas e forneçam opções mais flexíveis para cobertura ao retomar ou segurar.

Outra mudança notável que não aparece nas notas da atualização é uma correção para o abuso da câmera de Cypher em Breeze que foi usada em uma partida do VALORANT Champions pela equipe brasileira Vivo Keyd. A localização da câmera permitiu que ao jogador de Cypher ver através de um ponto no topo de um edifício. Da perspectiva do jogador no chão, a textura é sólida e a câmera de Cypher não pode ser vista. Isso criou uma vantagem injusta para a Vivo Keyd, que resultou em uma decisão competitiva da Riot.

Capturas de tela via Riot Games

O local agora foi texturizado apropriadamente para que a câmera de Cypher não possa ver através do local no prédio que permitiria ao jogador obter uma vantagem.

Artigo publicado originalmente em inglês por Jessica Scharnagle no Dot Esports no dia 07 de janeiro.