Testes de VALORANT revelam: ranqueadas com classificações, novo personagem, cosméticos e mais

Quem já jogou VALORANT só tem coisas boas a dizer.

Imagem via Riot Games

Em um teste alpha online de VALORANT, novo FPS da Riot, que aconteceu no último final de semana, alguns jogadores puderam conferir em primeira mão o aguardado jogo de tiro da Riot.

O alpha fechado de VALORANT foi aclamado. Participaram alguns dos maiores criadores de conteúdo dos games, incluindo CouRage, TimTheTatman e shroud, além de Tyler Erzberger, jornalista da ESPN. 

Várias pessoas com conhecimento do teste falaram com o Dot Esports sobre o que viram e sentiram jogando. Isso é o que nos contaram.

Lembrete: As informações são da versão alpha de VALORANT, então alguns recursos podem mudar para o beta e o lançamento oficial do jogo.

Personagens

No mês passado, revelamos que VALORANT teria oito personagens jogáveis. A Riot adicionou mais um à lista, aumentando o total para nove, e o número ainda deve aumentar.

Breach, nono personagem de VALORANT, parece Brimstone visualmente, com barba ruiva e bigode, de acordo com um jogador. 

Durante o teste, Breach foi um dos personagens mais fortes do jogo, com suas habilidades e ultimate mortais, disseram vários jogadores.

A habilidade “C” de Breach se chama Aftershock, e seu “Q” e “E” são, respectivamente, Flashpoint e Fault Line. Flashpoint é, como sugere o nome, parecido com Flashbang, uma explosão de luz, enquanto a Fault Line lembra uma granada de atordoamento, que retarda o alvo inimigo. 

Porém a ultimate, Rolling Thunder, causou revolta nos jogadores, porque causa um dano absurdo aos inimigos.

Algumas outras observações sobre personagens de acordo com o teste:

  • Personagens como Viper, Sova e Sage receberam grandes elogios dos jogadores. Omen, por outro lado, foi considerado relativamente fraco porque sua ultimate, From the Shadows, ficou mais fraca, e era possível ouvi-la facilmente.
  • Um jogador percebeu que era possível desbloquear um novo agente de graça depois de jogar algumas partidas.
  • Ao contrário do que diz o relatório do Boop.pl, não houve nenhuma menção de um novo agente chamado Dillion no Discord do teste alpha.
  • No começo do teste, cada jogador deveria desbloquear quatro agentes entre cinco disponíveis.

Cosméticos 

O sistema de cosméticos de VALORANT lembra um pouco os de League of LegendsCS:GO e Apex Legends

Não havia skins de personagens no jogo, mas havia diversas skins de armas, chaveiros e sprays, de acordo com um jogador. As skins de armas são divididas em coleções, que incluem a mesma skin para armas diferentes. 

É possível desbloquear skins completando contratos, tarefas alocadas para os personagens que concedem itens cosméticos gratuitos ao ser terminadas.

Modo Ranqueado

VALORANT terá um sistema de ranqueadas parecido com o de League of Legends, mas com nomes diferentes para as classificações.

Em vez das classificações de Prata, Ouro e Platina do LoL, por exemplo, VALORANT terá oito classificações chamadas Mercenary (Mercenário), Soldier (Soldado), Veteran (Veterano), Hero (Herói), Legend (Lenda), Mythic (Mítico), Immortal (Imortal) e a classificação mais alta, chamada VALORANT

Cada classificação tem três divisões pelas quais é preciso passar antes de atingir a próxima, assim como no LoL. A classificação VALORANT, porém, que é a mais alta do jogo, não terá essas divisões, assim como a Desafiante do LoL.

Um jogador disse que os personagens foram escolhidos por ordem de chegada nas ranqueadas, ou seja, os que selecionassem e confirmassem antes ficariam com os personagens. Diferentemente do LoL, ainda não é possível banir personagens, já que são apenas nove disponíveis. 

Sistema de Prorrogação

Diversos jogos de tiro em primeira pessoa usam sistemas de prorrogação para garantir que nenhuma partida termine em empate.

Nos testes, VALORANT tinha um sistema parecido. A partida termina depois de 25 rodadas com qualquer pontuação. Então, se a pontuação for 12-12, a partida entre em prorrogação. O time que vencer a rodada e chegar a 13 pontos vence a partida.

A moeda de jogo, usada para comprar armas e habilidades, se chama “creds” (provavelmente de “créditos) e cada jogador recebe 5.000 creds no começo da última rodada ou prorrogação. 

Armas, Modo Treino, resolução e mais

  • As armas de VALORANT são parecidas com as de CS:GO, segundo um jogador. Essas armas exigem alguma habilidade, porque o escopo afeta a rajada, o que significa que as armas podem ficar menos úteis ao mirar.
  • O modo treino de VALORANT será usado para jogadores que buscam se aperfeiçoar em um servidor particular. De acordo com um jogador, o modo inclui treino de tiro, parecido com o mapa Aim Botz de CS:GO, onde os jogadores podem atirar aleatoriamente e infinitamente em bots para treinar sua mira.
  • Houve a opção de usar a resolução 4:3. Funcionou de uma forma parecida com CS:GO, mas barras pretas apareceram nas partes superior e inferior da tela, de acordo com um jogador.
  • Ao pressionar “M”, é mostrado o mapa de VALORANT, como acontece com o “CTRL” de CS:GO. A Riot tentou colocar nomes de locais no mapa, mas a opção teve erros durante o teste.
  • O sistema de marcação de mapa é dividido em tipos, como o do LoL. Por exemplo, é possível usar um marcador de perigo para sinalizar que uma área contém inimigos. Jogadores que foram eliminados ainda podem usar o sistema de marcação no mapa. Houve uma vez em que um jogador morto achou o Spike perdido na fumaça e marcou para um aliado.
  • O contador de desarmamento do Spike não reinicia como em CS:GO. Quando o desarmamento do Spike chegou pelo menos na metade, os jogadores podem sair da animação e entrar novamente na metade em vez de entrar no começo.
  • Por fim, há servidores personalizados em VALORANT, para partidas particulares de 10 jogadores.

Você pode ver VALORANT de perto no beta fechado, que em breve estará disponível para o público.

Artigo publicado originalmente em inglês por George Geddes no Dot Esports no dia 30 de março.