Riot enfraquece Raze na atualização 1.08 de VALORANT

A Carga Explosiva está menos explosiva.

Imagem via Riot Games

A Riot Games lançou suas últimas notas de atualização de VALORANT ontem, fortalecendo a arma Guardian e fazendo alterações na rotação de mapas.

Talvez a mudança mais notável nas notas desta semana, no entanto, seja um enfraquecimento para a agente brasileira favorita de todos, Raze.

O foco do enfraquecimento de Raze está em uma de suas habilidades básicas, a Carga Explosiva. Por um custo de 200 créditos, Raze pode lançar uma Carga Explosiva e ela grudará em qualquer superfície. Uma vez no lugar, a Carga Explosiva pode ser detonada causando dano e repelindo os inimigos. 

Com a atualização 1.08, o dano inicial da carga será reduzido para 15 com um raio interno de 0,2 metros. Fora desse raio, haverá uma queda de dano de pelo menos cinco pontos.

Enquanto isso, a carga irá agora armar 0,5 segundos depois de cair em uma superfície, aumentando seu dano máximo para 50. Qualquer um que atirar no pacote irá detoná-lo como se Raze puxasse o gatilho.

Além disso, a bolsa não causa nenhum dano em aliados. Assim, seus inimigos não podem atirar para explodir sua carga em você ou em seus aliados.

“A Carga de Explosivos da Raze tem causado muito dano sem dar aos inimigos muita chance de contra-atacar. Esta alteração deve ajudar a deixar bem claro os momentos em que essa habilidade representa uma ameaça, ao mesmo tempo em que mantém a utilidade de Carga de Explosivos que os jogadores já começaram a dominar. Agora, a carga não fará mais barulho quando for lançada, mas ainda causará dano. Portanto, é melhor se aproximar com cautela se você estiver dentro de seu alcance de letalidade.”

A mudança da Riot é certamente um enfraquecimento para Raze, mas as mudanças parecem ser mais voltadas para a Carga Explosiva com algum grau de contrajogo. Isso pode fazer Raze se sentir um pouco menos poderosa, mas agora os jogadores devem ter um pouco mais de controle sobre seu próprio destino quando a Carga Explosiva de Raze estiver em jogo.

Artigo publicado originalmente em inglês por Max Miceli no Dot Esports no dia 16 de setembro.