Notas da atualização 2.04 de VALORANT

Algumas mudanças de classificação interessantes e a adição de novas ferramentas de comunicação.

Imagem via Riot Games

A próxima atualização de VALORANT estará no ar em breve e trará várias mudanças importantes e novos conteúdos, incluindo a próxima agente, Astra, voz tática e muito mais.

Outras grandes mudanças da atualização 2.04 incluem o Teleporte de Bind agora com portas abertas para evitar acampamentos no modo Disparada, alguns retrabalhos para as classificações competitivas e mudanças menores de qualidade de vida. 

Você pode ler as notas completas do VALORANT Patch 2.04 no site oficial do VALORANT. Aqui está uma visão geral do que você pode esperar na pós-atualização do jogo, fora a chegada de Astra. 

Disparada

Especificamente em Disparada, o Teleporte de Bind terá suas portas travadas abertas para que os jogadores não possam acampar lá dentro depois de o tomar uma posição forte no mapa. 

Da mesma forma, a taxa de escolha de Bind foi revertida para o que era antes da Riot Games reduzi-la na atualização 2.03. Agora ele é ponderado uniformemente com os outros mapas em Disparada, mas será monitorado com base no feedback da comunidade. 

Mudanças nas Classificadas

A atualização 2.04 marca o início da temporada competitiva do Ato Dois, Episódio Dois, o que significa que há algumas mudanças em vários aspectos da progressão de classificação de VALORANT.

Provavelmente, a maior mudança é que os jogadores não terão mais sua classificação rebaixada no início de um Ato. Isso significa que se você era um jogador Radiante no final do Ato anterior, permanecerá em Radiante na tabela de classificação para começar o Ato seguinte. 

Mas sua Classificação Ranqueada ainda será reduzida em 90 por cento, o que significa que os jogadores Radiante ainda serão tecnicamente transferidos para Imortal e precisam provar que ainda são capazes de ser um dos melhores jogadores do mundo. 

Da mesma forma, chegar em Radiante agora será mais difícil, exigindo que um jogador seja um dos 500 melhores em sua região e mantenha um CR definido. Aqui estão os requisitos de CR para cada região, de acordo com a Riot. 

  • América Latina e Coreia do Sul: 100 CR
  • Brasil: 200 CR
  • América do Norte e Ásia-Pacífico: 300 CR
  • Europa: 400 CR

Mais tarde na temporada, a Riot reduzirá a quantidade total de CR médio por vitória ou derrota em cinco para tentar refinar o MMR em partidas competitivas. 

Na extremidade menor das mudanças nas Classificações, ela não aparecerão na Seleção de Agente ou no jogo, o que significa que você só verá a classificação dos companheiros de fora de seu grupo na tela final de um jogo. Jogadores de classificação inferior também podem fazer fila com uma seleção mais ampla de amigos e companheiros de equipe sem serem cortados. 

Voz Tática Contextual

A Riot também está procurando melhorar a coordenação de equipe e o compartilhamento de informações adicionando linhas de voz que fornecerão contexto para os companheiros de equipe com base em sua localização. 

Portanto, para jogadores que não usam o microfone para comunicação de equipe, o uso da voz de agente genérico, como “Spike localizado” ou “inimigos avistados”, agora incluirá um qualificador adicional, dependendo de onde estiver no mapa. Isso significa que apontar a Spike no local B será traduzido como “Spike localizada em B”. 

“Esperamos fornecer informações mais ricas ao jogador com essas mudanças”, disse a Riot. “O VO (voice over) tático não deve ser um substituto completo para as comunicações de voz, então as chamadas serão reduzidas em volume quando um colega de equipe estiver falando por VOIP.”

Você pode alternar uma opção para que essas mensagens táticas VO apareçam no chat para referência contínua, ou seja, em vez de apenas ouvi-las, você também pode vê-las como “Sova avistou um inimigo em B.” 

À medida que se desenvolve, o VO tático não estará disponível em todos os modos, pode ser totalmente desativado e as mensagens de chat para chamadas podem ser ativadas nas opções de acessibilidade.


Siga-nos no  YouTube  para mais notícias e análises sobre esportes.

Artigo publicado originalmente em inglês por Cale Michael no Dot Esports no dia 28 de fevereiro.