NA VCT Last Chance Qualifier foi adiada por tempo indeterminado

Com tantos problemas relacionados à COVID, a Riot decidiu adiar o evento.

Imagem via Riot Games

A última qualificatória da VALORANT Champions Tour norte-americana foi adiada oficialmente em meio a preocupações com as condições de jogo e testes de COVID, segundo a Riot Games.

“Dados os eventos dos últimos dias, e devido a uma extrema precaução com a saúde e segurança de todos os envolvidos, tomamos a difícil decisão de adiar o evento até segunda ordem”, diz o comunicado da Riot.

O anúncio foi feito após dois dias de partidas canceladas e questionamentos sobre como proceder com os times que tiveram testes positivos para COVID. O campeonato começou em 12 de outubro, mas só aconteceu um dia inteiro de partidas antes de a organização receber as notícias dos testes positivos de COVID e precisar encontrar soluções de última hora.

A princípio, as partidas só foram adiadas porque os testes rápidos de dois integrantes da FaZe Clan tiveram resultados positivos. Derrek Ha, da Rise, comentou no Twitter que a FaZe jogaria de casa e a Rise precisaria jogar no palco com apenas quatro de seus jogadores. Isso fez com que o técnico da Rise, Todd “anger” Williams, ameaçasse fazer as malas e ir embora, então as partidas foram canceladas.

Mais tarde, a Riot anunciou que adiaria todas as partidas do dia para encontrar uma solução. Pouco depois, também cancelou as partidas do dia seguinte.

Dois integrantes da FaZe, Corey Nigra e Andrej “babybay” Francisty, indicaram que foram os dois com resultados positivos em seus testes de COVID, mas que depois receberam resultados negativos em novos testes.

A Riot declarou estar “trabalhando da melhor forma para transformar a LCQ em um evento online”. Não há nenhum indicativo de quando a competição deve continuar.

Artigo publicado originalmente em inglês por Jessica Scharnagle no Dot Esports no dia 14 de outubro.