Atualização 1.11 de VALORANT agora está disponível nas Américas, novamente

A atualização deve começar a ser implementada em outras regiões ao longo do dia.

Imagem via Riot Games

A Riot foi forçada a reverter a atualização 1.11 de VALORANT na semana passada, após vários erros que quebraram o jogo terem escapado. Mas agora a atualização está ativa nas Américas novamente.

A atualização 1.11 está disponível nas Américas, com a atualização provavelmente sendo lançada para as regiões KR, JP, OCE e SEA, logo seguida por EU, TR, MENA e CIS.

Alguns erros que foram presumivelmente corrigidos são a horrível falha na fumaça do Omen que enchia sua tela de rostos esticados de Sage e o problema da micro-gagueira.

A atualização instável também veio em um momento ruim para todas as equipes de VALORANT competindo no primeiro evento produzido pela Riot, o First Strike Open Qualifier. A Riot considerou melhor reverter a atualização para manter a integridade competitiva.

A atualização 1.11 introduz algumas mudanças bem grandes em Killjoy, anulando sua presença global, mas dando a ela um potencial melhor de bloqueio de local. Os jogadores agora terão que estar a 40 metros de sua Torreta e Robô de Alarme ou então ela será desativada.

Para compensar, a recarga de reativação da Torrera de Killjoy e do Robô de Alarme será mais curto. E a capacidade de detectar do Robô de Alarme será reduzida, obrigando os jogadores a estarem mais perto dele antes de serem notados. Nanoenxame também causará mais dano em tiques a cada 0,25 segundos.

O Fio-Armadilha e Câmera de Vigilância de Cypher também serão desativados depois que ele morrer. E habilidades com “cargas temporárias”, como Robô de Alarme, Fio-Armadilha e a cura de Skye, não serão transportadas para a próxima rodada se usadas. Os jogadores terão que comprá-los novamente.

Artigo publicado originalmente em inglês por Andreas Stavropoulos no Dot Esports no dia 02 de novembro.