Melhores campeões do conjunto 4 do TFT

Construa sua composição em torno dos melhores campeões de Destinos.

Imagem via Riot Games

Uma mudança no meta ocorreu em Teamfight Tactics, com o foco passando da construção em torno de itens e galáxias para um em campeões no novo conjunto de Destinos.

Colocar-se entre os quatro primeiros de um saguão requer saber quais campeões do Conjunto Quatro do TFT dominam durante certos estágios, quando fazer a transição e as melhores combinações de Destinos para sua composição. Vários campeões são carregadores viáveis, enquanto outros são necessários para que um competidor prospere. Mas a nova mecânica Escolhido também desempenha um papel importante em todos os três estágios de Destinos. De Sett, o Chefão e Lee Sin a Sejuani e Cassiopeia, aqui estão os melhores campeões do Conjunto Quatro do TFT para se jogar.

Tier S

Após uma série de mudanças de balanceamento feitas durante o período de teste no APT, antes do lançamento do Conjunto Quatro do TFT, apenas alguns campeões são verdadeiramente S. Alguns desses campeões, como Aphelios, são melhores como Escolhidos. E outros como Sett e Riven são capazes de dominar sem os fortalecimentos extras. 

  • Sett
  • Riven
  • Aphelios Escolhido
  • Yasuo Escolhido

Tier A

A maioria dos melhores campeões se enquadra no nível A por enquanto, mas têm o potencial de se tornar o nível S conforme o meta se desenvolve. Cassiopeia é freqüentemente esquecida como um campeão de nível A, mas é capaz de atingir a linha de fundo de um oponente com sua habilidade enquanto serve como uma unidade de linha de frente sólida. Sejuani é outra unidade da linha de frente da qual os jogadores devem tirar vantagem no lançamento do Conjunto Quatro do TFT, já que ela é capaz de eliminar várias unidades com sua habilidade.

Campeões como Aphelios e Yasuo também caem um degrau quando não são Escolhidos, enquanto a maioria das unidades de custo cinco são dignas de serem listadas como campeões de nível A. E alguns campeões de custo único, como Garen e Nidalee, podem ter prioridade quando um jogador consegue três estrelas. 

  • Talon
  • Morgana
  • Cassiopeia
  • Sejuani
  • Shen
  • Garen Escolhido ou Três Estrelas
  • Nidalee Escolhida ou Três Estrelas
  • Tahm Kench Três Estrelas
  • Sylas Três Estrelas
  • Katarina
  • Kalista
  • Aatrox
  • Ashe
  • Jhin
  • Warwick
  • Lee Sin
  • Azir
  • Ezreal
  • Lillia de Duas Estrelas
  • Zilean Duas Estrelas
  • Jax Escolhido ou Três Estrelas
  • Akali

Tier B

A maioria dos campeões de nível B não são ruins e podem elevar seu status quando atingem três estrelas ou são jogados como Escolhidos. Esses campeões são necessários para fechar as sinergias da composição. Eles também podem dar um gás durante o início do jogo e os estágios intermediários, enquanto os jogadores se preparam para a transição para uma composição de final do jogo, totalmente desenvolvida. 

Jarvan IV é um exemplo ideal de um sólido campeão de nível B. Ele é capaz de atingir a linha de fundo de um oponente com sua habilidade enquanto fornece escudos com sua sinergia de Patrono. A Elise Escolhida é uma grande campeã para jogar durante os estágios iniciais com três Cultistas, assim como um Wukong Escolhido ou Diana.

Campeões de custo cinco como Kayn também têm potencial para se tornar um campeão de nível A quando um jogador pode ativar suas habilidades Darkin ou Sombra.

  • Kayn
  • Elise Escolhida ou Três Estrelas
  • Wukong Escolhido ou Três Estrelas
  • Diana Escolhida
  • Annie
  • Janna
  • Jax
  • Pyke
  • Teemo
  • Jinx
  • Thresh
  • Vi
  • Zed
  • Irelia
  • Nunu
  • Veigar
  • Kindred
  • Xin Zhao
  • Yummi
  • Ahri
  • Kennen
  • Lillia
  • Yone

Tier C

Devido à mecânica Escolhido e a uma mudança no sistema da loja, não há nenhum campeão do Conjunto Quatro TFT que não possa ser jogado. Os campeões de nível C são principalmente unidades de preeenchimento durante os estágios de transição, mas têm o potencial de causar estragos nas circunstâncias certas. 

  • Lissandra
  • Nami
  • Fiora
  • Maokai
  • Twisted Fate
  • Vayne
  • Hecarim
  • Lulu
  • Evelynn
  • Lux

Artigo publicado originalmente em inglês por Danny Forster no Dot Esports no dia 16 de setembro.