3 melhores composições do meta de Teamfight Tactics no Conjunto 3: Galáxias

Melhore sua classificação rapidamente com estas três composições.

Imagem via Riot Games

Estamos na segunda semana de Teamfight Tactics: Galáxias, então os jogadores já tiveram um tempinho para testar estratégias diferentes. Apesar de o meta ainda não estar definido, há algumas composições que garantem vitórias para melhorar sua classificação nas ranqueadas.

Wrainbash, jogador de TFT, compilou outra lista de composições do meta, com base nas escolhas dos jogadores do Desafiante no mundo todo. Algumas dessas podem ser enfraquecidas na atualização 10.7 (é de vocês mesmo que estamos falando, Rebeldes), mas ainda podem ajudar na sua jornada no meio-tempo.

Relacionado: Como os desenvolvedores da Riot garantiram que Teamfight Tactics: Galáxias fosse um sucesso astronômico

Aqui estão três composições para você aproveitar até a próxima atualização.

GP e os Rebeldes

Imagem via Mobalytics

O Rebeldes se destacaram como a composição consistente do Conjunto Três. LeDuck, ex-jogador profissional de League of Legends, recomenda seis Rebeldes, dois Demolidores e dois Detonadores.

O objetivo principal é chegar ao nível 8 o quanto antes para ter acesso a Gangplank, de nível 5, cuja ultimate junta com o bônus de Demolidores consegue ganhar o jogo sozinha. Para que o pirata espacial dure o máximo de tempo possível, LeDuck usa Anjo Guardião e Garra do Dragão. Mesmo na linha de frente, GP fica vivo para causar o caos.

Quem mais causa dano depois dele são Jinx e Aurelion Sol. Dê à nave espacial Abraço de Seraph, para que os caças sejam lançados com maior frequência. Com o Mata-Gigantes, Jinx, com o bônus de Detonadores, ajuda a destruir as unidades com mais vida.

Outras opções são Miss Fortune no fundo ou um Ziggs 3 estrelas com itens como Seraph, Luden e Rabadon.

Atiradores de Elite e Tanques

Captura de tela via LoLChess.gg

Sologesang, ex-jogador profissional de LoL, criou uma composição comandada por Jhin.

Sendo um Atirador de Elite, Jhin deve ser poisicionado o mais longe possível da briga. Ao ser equipado com Gume do Infinito e Furacão de Runaan, ele vai causar muito dano a muitos alvos. Com Anjo Guardião, você garante também que o atirador consiga sobreviver a um ataque de Infiltradores.

Protetores como Jarvan IV, Xin Zhao e Rakan formam uma linha de frente mais resistente que ganha tempo para os atiradores causarem dano letal. Garra de Dragão e Colete Espinhoso podem fazer com que Xin também cause muito dano. Com quatro Celestiais, todos os aliados também têm 30% de cura quando causarem dano com feitiços e ataques. Isso pode deixar você com um time que simplesmente não morre.

Cibernéticos Viajantes no Tempo

Captura de tela via Mobalytics

Essa composição deve garantir seus tão sonhados PdL.

Saintvicious, ex-jogador profissional de League of Legends, sugere que Ekko seja a principal fonte de dano. Equipado com Morellonomicon, o Rapaz que Estilhaçou o Tempo reduz a cura das unidades inimigas quando usa sua habilidade, que também causa um dano absurdo. E, para garantir que ele não vai morrer sem usar sua habilidade, Coração Congelado concede um pouco de resistência, um pouco de mana e reduz a velocidade de ataque dos inimigos.

Já que não é possível conseguir Ekko tão cedo no jogo, Saintvicious sugere usar quatro unidades Temporais na fase intermediária do jogo. Isso também ajuda a ganhar tempo para completar seis Cibernéticos. Para otimizar seus Cibernéticos, divida os itens para que eles ganhem mais vida e dano de ataque. Usar as Luvas do Ladrão em uma fonte de dano, como Irelia, compensa o fato de só haver um item na maior parte das outras unidades.

Artigo publicado originalmente em inglês por Andreas Stavropoulos no Dot Esports no dia 24 de março.