Dan Avidan, apresentador do Game Grumps, teria assediado fãs menores de idade

Surgiram novas acusações contra o músico e apresentador.

Captura de tela via Game Grumps

O apresentador e músico Daniel Avidan foi acusado de manipulação e “grooming”, uma espécie de prática de assédio e aliciamento de menores. Novos documentos sobre o assunto surgiram no subreddit rantGrumps.

É só a acusação mais recente entre muitas que envolvem Avidan. Ao longo dos últimos anos, o apresentador teria enviado mensagens de cunho sexual, tido relações sexuais e manipulado emocionalmente fãs mais jovens.

A publicação surgiu no r/rantGrumps, um subreddit cujo objetivo é tecer críticas ao grupo de comédia The Game Grumps, e foi escrita por um usuário que teria recebido provas de uma vítima. O texto inclui um vídeo de Avidan mostrando uma banheira de hidromassagem no quarto de um hotel onde estava hospedado em 2017, além de várias capturas de tela de conversas entre Avidan e a vítima. As mensagens de Avidan são de natureza sexual e incluem pedidos de vídeos explícitos.

A vítima disse ter entrado em contato com Avidan em setembro de 2013, quando ela tinha 17 anos e ele tinha 34, com o objetivo de encontrá-lo e fazer amizade. Ele estaria na mesma área que ela porque faria um show no ano seguinte.

O usuário que criou o tópico no Reddit disse que as conversas que a vítima compartilhou, envolvendo Avidan, passaram a ter cunho sexual quando ela atingiu a maioridade. Isso acabou levando a “encontrá-los nos bastidores de um Game Grumps Live, onde aconteceram atividades sexuais”. Depois do encontro, a vítima disse que Avidan cortou o contato com ela.

Antes disso, em novembro de 2019, surgira na comunidade uma polêmica chamada NotSoGrumpGate. Kati Schwartz, antiga assistente pessoal e amiga de Avidan, criou uma peça em Nova York que se chamava “Bad People” e recontextualizava sua experiência com o movimento #MeToo.

Na peça, os fãs viram semelhanças entre um dos personagens e Avidan, o que levou a vários tópicos documentando as acusações feitas contra o apresentador.

Em todos os casos, as provas mostram que Avidan usava um método parecido: “Ele se aproximava das mulheres, cultivava uma relação para parecer que queria namorar ou ter algo sério, combinava de encontrar por um final de semana. Depois desse final de semana, ou quando o contato passasse a envolver relações sexuais, ele cortava o contato com elas.”

Com base nas dezenas de relatos e acusações anteriores, os usuários estimam que Avidan tenha feito isso mais ativamente entre 2013 e 2017.

Seus atos não eram, no entanto, exclusivos com fãs mais novas. Uma pessoa relata ter sido manipulada por Avidan em novembro de 2019, quando ela tinha 30 anos de idade.

“Ele me disse que queria ‘construir um império’ comigo e que me amava”, a vítima relata. “Ele reservou hotéis chiques em Los Angeles para nos encontrarmos. Quando pedi para sermos monogâmicos, nunca mais tive notícias dele. Pouco depois, soube que ele tinha feito a mesma coisa com a minha amiga.”

Avidan é coapresentador do Game Grumps desde junho de 2013, ao lado do criador do canal, Arin Hanson. Ele também fez parte de várias bandas, incluindo Ninja Sex Party, Starbomb e muitos outros.

O Dot Esports tentou contato com o Game Grumps.

Artigo publicado originalmente em inglês por Cale Michael no Dot Esports no dia 21 de março.