O formato do Nintendo Direct pode evoluir, diz o presidente Shuntaro Furukawa

Discussões sobre esse formato surgiram após a Nintendo adiar o June Direct.

Imagem via Nintendo

Embora as Nintendo Directs ainda sejam consideradas uma forma poderosa de comunicação para a gigante dos videogames, o presidente da Nintendo, Shuntaro Furukawa, disse aos acionistas hoje que o formato Direct pode mudar no futuro, de acordo com uma tradução da VGC.

“Consideramos que as Nintendo Directs são uma maneira incrivelmente eficaz de apresentar informações diretamente aos nossos clientes de maneira muito direta”, disse Furukawa. “Inversamente, os tempos mudam e a maneira mais eficaz de promover produtos é a chance de surgir uma nova e melhor maneira de apresentar essas informações. Por isso, sempre gostamos de examinar todas as formas possíveis de comunicar essas informações aos clientes.”

Relacionado: Tencent está desenvolvendo um novo MOBA, Pokémon Unite

A Nintendo adiou a Direct que estava originalmente agendada para junho devido a medidas de bloqueio para conter a pandemia de COVID-19 no Japão após o cancelamento da E3. Mesmo antes do cancelamento da E3, muitos desenvolvedores de AAA debateram se deveriam se reunir em um único evento ao lado de outras empresas de destaque no setor.

A Nintendo não hospeda uma Direct adequada há mais de 10 meses. O último foi em setembro de 2019, que divulgou vídeos focados em jogos individuais, como Pokémon Sword & Shield e Super Smash Bros. Ultimate.

Não haverá outra Nintendo Direct até o final de agosto ou o início de setembro, de acordo com fontes da Venture Beat e VGC.

Furukawa também disse que a empresa cancelou todos os eventos físicos este ano. Como resultado, a desenvolvedora está investigando outras maneiras de revelar seus próximos jogos para o mundo.

Artigo publicado originalmente em inglês por Eva Martinello no Dot Esports no dia 30 de junho.