Derrotar ou capturar 500 Pokémon aumentará as chances de encontrar shiny, confirma a Nintendo

A probabilidade aumenta em seis vezes.

O recente lançamento de Sword and Shield fez os jogadores correrem para pegar seus Pokémon shiny, o que muda sua aparência física com cores únicas. E embora os mineradores de dados já tenham fornecido algumas dicas sobre a busca pelos shiny, a Nintendo revelou oficialmente como aumentar as chances de conseguir um desses raros Pokémon.

A Nintendo abalou a busca pelos shiny em um artigo no site Pokémon americano hoje, explicando como as chances das aparências raras mudam dependendo do número de batalhas que você tem com uma espécie específica. As chances de conseguir um Pokémon brilhante, que vem com atributos mais altos, também aumentam ao superar uma espécie em batalha.

Imagem via Nintendo e Game Freak

“À medida que você captura ou derrota mais e mais Pokémon da mesma espécie, você gradualmente aumenta as chances de encontrar Pokémon Brilhantes e Pokémon Shiny dessa espécie no futuro”, disse a Nintendo. “Você não precisa encontrar esses Pokémon consecutivamente e pode ver quantas vezes encontrou uma espécie verificando seu Pokédex.”

Embora essas informações não sejam exatamente novas, já que os jogadores já estão derrotando Pokémon por uma chance maior de shiny, a Nintendo forneceu uma tabela confirmando as chances.

Screenshot via Nintendo e Game Freak

Derrotar ou capturar 500 Pokémon aumentará em seis vezes a probabilidade de encontrar um shiny. Todos os encontros subsequentes dessa espécie não melhoram as chances.

E os mineradores de dados pensaram que os já conhecidos métodos de cadeia e nocaute, nos quais você encontra continuamente o mesmo Pokémon consecutivo sem fugir ou desligar o jogo, trabalhavam lado a lado para aumentar as chances de shiny. Mas parece que os dois métodos são entidades separadas e não conectadas, de acordo com a Nintendo.

Para uma descrição completa de como os dados minerados e as informações oficiais da Nintendo se conectam, você pode conferir o tópico de Twitter da editora de notícias da Kotaku, Laura Kate Dale.

Artigo publicado originalmente por Andreas Stavropoulos em inglês no Dot Esports no dia 21 de novembro.