Com flanco de Doomfist, é possível cobrir um bom pedaço de Blizzard World em um combo

E disseram que ninguém usava os flancos.

Captura de tela via Blizzard Entertainment

Quem gosta de cobrir os flancos em Overwatch se dá bem quando cria rotas improvisadas e fora do comum para surpreender seus inimigos. Uma rota pouco conhecida para usar com Doomfist no Blizzard World surgiu hoje, e pode ser uma oportunidade de emboscada contra o time inimigo se as circunstâncias forem adequadas.

Para atravessar o mapa, é preciso combinar o Soco Foguete e o Abalo Sísmico de Doomfist para que ele consiga se projetar a uma grande distância e evitar perigos do cenário.

A rota desconhecida fica entre os dois primeiros objetivos do mapa híbrido. Ao deixar o segundo ponto de ressurgimento dos atacantes, que fica em Snaxxramas dentro do jogo, é possível seguir o caminho da escolta e chegar em um corredor mais estreito ou pegar o túnel e ir mais longe no segundo trecho. A rota do flanco traz uma terceira opção, de alto risco e altas recompensas.

A rota começa perto da entrada do túnel. Com Doomfist, o jogador pode usar o Soco Foguete para se projetar por cima da água e usar o Abalo Sísmico para fechar o espaço que falta e pisar em terra firme. Se tudo correr como deve, o personagem pousa perto do mini kit de primeiros socorros próximo ao fim do segundo ponto, deixando para trás um bom pedaço do mapa.

Há, porém, diversos riscos de se tomar essa rota. Fazer isso inutiliza ao menos duas habilidades valiosas, e não é de se esperar que o abalo sísmico renda um abate, então é preciso tirar alguns segundos para recarregar depois de pousar. Também existe um túnel próximo que pode ser uma rota mais lenta e mais segura se não estiver patrulhado pelo time inimigo, e usar esse túnel pode adicionar alguns segundos ao tempo.

A rota ainda traz uma série de benefícios em circunstâncias específicas. Supondo que os times estejam lutando perto do fim do ponto, você estaria em uma posição favorável para entrar na batalha por trás através do flanco e conseguir um abate, ou pular atrás dos inimigos e destruir os suportes.

As habilidades gastas podem ser recarregadas também usando a habilidade suprema de Doomfist, o que pode ser especialmente útil se você estiver sendo segurado ou quiser ser mais agressivo.

A estratégia também é uma alternativa no improvável caso de o túnel estar sendo monitorado por inimigos, e pode ser usada como fuga de última hora para um defensor que precisa desviar de perseguição. O caminho pode ser usado por heróis como Pharah e D.Va, que podem voar com segurança por cima da água.

A rota do flanco depende da situação para funcionar, mas pode ser útil em cenários específicos. Também pode ser usada por personagens com alta mobilidade, como Pharah e D.Va, que não precisam tanto das habilidades quanto Doomfist. Pharah, particularmente, pode se beneficiar por sua habilidade de atacar de longe. É um lugar arriscado que pode compensar nas circunstâncias certas.

Artigo publicado originalmente em inglês por Pedro Peres no Dot Esports no dia 16 de janeiro.