Todas as principais diferenças entre VALORANT e CS:GO

VALORANT é bem diferente de CS:GO.

Imagem via Riot Games

O jogo de tiro em primeira pessoa da Riot Games, VALORANT, tem fortes semelhanças com CS:GO, um dos títulos mais populares do gênero.

VALORANT é um jogo de tiro tático com foco em personagens que segue a história de vários Agentes. Os personagens hipernaturais vêm de lugares reais e são baseados em diversas culturas diferentes, todos com alguma forma de melhorias biológicas futuristas que os tornam letais.

Mas VALORANT tem muito mais a oferecer e é bem diferente de CS:GO, apesar de ter mecânicas de jogabilidade parecidas.

Agentes

Imagem via Riot Games

A maior diferença é nos agentes hipernaturais. Os agentes são similares aos heróis de Overwatch, porque cada um tem suas habilidades próprias, incluindo uma suprema. A Riot, porém, já enfatizou que as habilidades são apenas opções táticas, dando a entender que a troca de tiros ainda é a parte mais importante do jogo.

Até agora, já conhecemos sete agentes:

  • Viper, mulher com atitude mortal
  • Sova, homem de aparência heroica
  • Phoenix, agente com habilidades de fogo
  • Jett, que corre na velocidade da luz, como Tracer de Overwatch
  • Cypher, cowboy biótico
  • Sage, que tem habilidades de cura, como Mercy
  • Brimstone, a força bruta

Armas

Imagem via Riot Games

Há uma grande variedade de armas modernas e futuristas em VALORANT. O fuzil “Kingdom”, por exemplo, é tecnologia de ponta que pode eliminar inimigos em um golpe. Assim como em CS:GO, há um Revólver no jogo, mas provavelmente será poderoso como a Desert Eagle de CS:GO, não o R8. 

A mira é outra grande diferença. Parece que todas as armas terão a habilidade de mirar para baixo, mas não será tão útil quanto em outros jogos. Algumas armas parecem as de CS:GO, como a AK-47, mas foram adaptadas para o ambiente futurista de VALORANT.

Sistema de pontos

O sistema de rodadas de VALORANT é parecido com o de CS:GO, mas terá rodadas melhores-de-24. É diferente do sistema de progressão de CS:GO, que tem 30 rodadas, sendo o vencedor aquele que ganhar 16 delas ou, caso os dois times vençam 15, aquele que levar a melhor no desempate.

O sistema de pontos de VALORANT terá atacantes e defensores em vez de terroristas e contraterroristas, o que sugere que o jogo pode ter mais apelo para parcerias e maior público competitivo.

Trapaças

O famoso sistema de banimento da Valve tem sido criticado ao longo dos anos por ser ineficaz. Recentemente, porém, houve grande progresso com o surgimento do sistema de Overwatch, que permite que certos jogadores assistam a partidas competitivas para determinar se houve trapaça. A Riot não mencionou, contudo, se vai implementar um sistema parecido.

VALORANT vai usar a plataforma antitrapaça de League of Legends. O objetivo desse programa de detecção é impedir que façam alterações no jogo. VALORANT terá uma arquitetura diferente, que impossibilita que trapaceiros alterem o jogo com teletransporte e velocidade modificada.

Tickrate do servidor

Um dos maiores diferenciais de VALORANT é que as partidas públicas podem ser jogadas em servidores de 128 ticks, o que é diferente dos 64 ticks das partidas normais de CS:GO. Isso provavelmente quer dizer que VALORANT terá melhor desempenho nos servidores públicos e deve ter estabilidade. O objetivo da Riot é que a maior parte dos jogadores tenha ping de 35ms, então o registro de acertos será melhor e o atraso vai diminuir ou não existir para a maioria dos jogadores.

A Riot vai fazer com que todos os movimentos dos jogadores estejam em 128 frames por segundo, mesmo que o oponente esteja mais lento e com problemas na conexão. Então, por sorte, você não vai morrer para jogadores que aparecem e desaparecem no mapa.

Como mencionado pela Riot no trailer oficial de revelação, é parte da luta contra as possíveis vantagens desonestas de alguns jogadores com conexões mais fracas de internet.

Estilo

Imagem via Riot Games

VALORANT se passa na Terra em um futuro próximo, abordagem diferente de CS:GO. Parece League of Legends com as cores, alto contraste e ângulos retos.

Mas muitos vão associar o estilo a Overwatch, já que é um pouco cartunizado e ainda realista.

VALORANT será lançado no meio do ano e será gratuito no lançamento, como CS:GO

Artigo publicado originalmente em inglês por George Geddes no Dot Esports no dia 02 de março.