Niantic reverte Bônus de Exploração de Pokémon Go na Nova Zelândia após novo isolamento no país

A distância de interação de Ginásios e PokéParadas aumentou de novo.

Imagem via Niantic

A Niantic decidiu reverter o novo Bônus de Exploração na Nova Zelândia.

A Nova Zelândia entrou em nível de alerta quatro, que proíbe a saída de casa exceto para o que for essencial, em 17 de agosto, o que fez a desenvolvedora de Pokémon Go reativar os antigos bônus para jogar à distância, criados no início da pandemia.

Segundo a Niantic, essas mudanças entrariam em vigor imediatamente e permaneceriam até o país sair do nível de alerta quatro.

No início desde mês, a Niantic decidiu encerrar os bônus da pandemia na Nova Zelândia e nos Estados Unidos, uma decisão que não foi bem-recebida pelos fãs e jogadores. A medida foi anunciada para incentivar os jogadores a saírem de casa e a Niantic reafirmou sua decisão, só voltando atrás agora porque os jogadores da Nova Zelândia não podem mais sair de casa.

Dadas as circunstâncias, os jogadores chamaram novamente a atenção da Niantic pela decisão. As mudanças foram revertidas na Nova Zelândia, que registrou um novo caso de Covid, enquanto os EUA, que têm centenas de casos ativos, ainda mantêm o Bônus de Exploração.

Agora, os jogadores da Nova Zelândia podem interagir com PokéParadas e Ginásios a 80 metros de distância, como podiam durante a maior parte da pandemia, e os bônus voltam ao modelo à distância em vez do modelo de Exploração.

A princípio, o isolamento só fica ativo por três dias, mas pode ser estendido caso haja mais casos positivos. De acordo com a Niantic, quando o isolamento acabar, os Bônus de Exploração serão reativados.

Artigo publicado originalmente em inglês por Ryan Galloway no Dot Esports no dia 18 de agosto.