Riot volta atrás sobre aumentar o impacto e a popularidade da rota superior na 10ª temporada de League

Parece que as mudanças na pré-temporada não funcionaram conforme o esperado.

Imagem via Riot Games.

Os desenvolvedores de League of Legends estão dando um novo golpe na rota superior, depois que algumas mudanças na pré-temporada passaram do ponto.

O diretor de design do League, Andrei “Meddler” van Roon, abordou questões como a popularidade e o impacto da rota topo no post de hoje do Dev Corner. Os desenvolvedores da Riot acreditam que os jogadores do topo tanto com MMR alto e profissionais não influenciam significativamente o resultado do jogo, mesmo com vantagem. Embora as mudanças na pré-temporada devessem resolver esse problema, parece que o problema persiste.

“Um dos nossos objetivos com a pré-temporada foi aumentar o impacto na rota topo, com aumentos no XP solo, no nascimento do Arauto e no XP da selva/dupla”, disse Meddler. “Essas mudanças já estão em andamento há um tempo e não tiveram tanto efeito quanto esperávamos.”

A Riot analisará mais a influência da rota topo, concentrando-se especificamente nos elos superiores. Embora o Meddler não tenha fornecido detalhes concretos sobre como serão as mudanças no futuro, provavelmente será lançado “em breve”.

Meddler também forneceu alguns gráficos mostrando as taxas de escolha de posição nas filas ranqueadas Solo/Duo por região e MMR ao longo do último mês.

Imagem via Riot Games

Nos servidores norte-americanos, o percentual de seleção da rota topo cai em níveis mais altos. A rota meio, por outro lado, domina a região consistentemente em torno de 24% para todas as filas. A selva parece ser o papel menos popular no último mês. Não está claro se isso se deve às recentes mudanças na selva que enfraqueceram o XP ou simplesmente porque não são tão populares.

Os servidores coreano e oeste europeu seguiram uma tendência semelhante no último mês, com o meio sendo o mais popular e o menos popular, a selva.

Embora as mudanças na rota topo não sejam divulgadas na próxima atualização, eles provavelmente começarão os testes no APT em breve.

Artigo publicado originalmente em inglês por Andreas Stavropoulos no Dot Esports no dia 31 de janeiro.