Riot mostra prévia de MMO baseado no LoL, de codinome “Projeto F”

O objetivo do projeto é permitir que os jogadores explorem "o mundo de Runeterra com seus amigos".

Captura de tela via Riot Games

A Riot Games começou as comemorações de seu aniversário de 10 anos com o pé direito. Depois de 10 anos sendo alvo de memes por terem feito apenas um jogo, a desenvolvedora revelou um jogo de cartas, um de tiro e um de luta, todos na mesma noite.

E uma ideia que ainda está no comecinho, de codinome Projeto F, ficou um pouco perdida na comoção pelos outros projetos. Por muito tempo, houve rumores de que a Riot criaria um MMO do LoL. Muitos sinais apontavam para isso, desde o aumento na ênfase na história às colaborações com outras empresas que contam histórias, como a Marvel. Enfim, parece que os rumores vão se tornar reais.

Em uma pequena prévia durante a transmissão do aniversário de 10 anos, a desenvolvedora revelou um pequeno trecho do que seria o MMO. No trecho, Blitzcrank, Ezreal e Lux lutam em uma ponte, em um ambiente que parece diferente do LoL.

O Projeto F é “um projeto que está bem no começo do desenvolvimento e explora as possibilidades de explorar o mundo de Runeterra com seus amigos”, segundo a Riot. O fato de que tão poucos detalhes tenham sido revelados indica que é o projeto menos avançado que a Riot tem. Já que o jogo de luta também não está nem perto da fase de testes, é possível que o MMO seja segurado até 2021 ou depois.

Mas apenas o fato de a Riot estar assumindo o risco é algo enorme para a empresa e para a indústria dos jogos. Desde antes de o LoL surgir, o mercado dos MMOs é dominado por World of Warcraft. A Riot faz bem em seguir seu próprio tempo para desenvolver um produto competitivo, garantindo que, quando for lançado, seja ainda melhor do que os fãs de League of Legends já imaginam.

Artigo publicado originalmente por Xing Li em inglês no Dot Esports no dia 16 de outubro.