Riot pretende fazer alterações à mobilidade sistêmica do LoL em áreas onde ela “foi longe demais”

Mas não foi definido quando essas mudanças serão implementadas.

Imagem via Riot Games

Parece que a Riot vai optar por mudar o ritmo da mobilidade de League of Legends.

Mark “Scruffy” Yetter, diretor de design de jogabilidade, compartilhou hoje uma lista dos próximos projetos de atualizações ao Summoner’s Rift. E, embora a maior parte deles já seja conhecida, como a atualização de Tahm Kench ou o aumento da viabilidade da divisão de rotas, ainda vale ressaltar um novo foco em limitar a mobilidade sistêmica.

“Isso vai afetar tanto os maiores destaques em termos de mobilidade, que superam as fraquezas que deveriam ter (como Quebrapassos) quanto os pequenos aumentos acima do normal em itens e runas”, explicou Scruffy. “Não é bem para ser um enfraquecimento, mas sim para evitar que haja mobilidade excessiva.”

As “fraquezas” que Scruffy menciona que esses destaques “deveriam ter” provavelmente estão relacionadas a alguns lutadores, que precisam estar relativamente perto para causar dano. Usar Quebrapassos em um Olaf ou Darius elimina essa fraqueza, porque permite que esses campeões avancem com mais facilidade. Esses casos são pontos fora da curva, que têm impacto negativo na integridade do jogo e dificultam a vida dos carregadores.

Imagem via Riot Games

Embora esses casos pareçam ser um grande foco da redução de mobilidade, a Riot também pretende limitar a velocidade de movimento concedida por alguns itens e runas. A runa Velocidade de Aproximação, por exemplo, concede velocidade adicional ao correr em direção a inimigos com movimento debilitado. Então, se um atirador for atingido pelo machado de Olaf, não há muitas formas de contornar a situação.

A Riot não compartilhou uma previsão para as mudanças, se referindo a elas como um “novo projeto” dos desenvolvedores. Como há poucas outras informações, é possível que ainda esteja em uma forma muito inicial. E, se a redução de mobilidade não for suficiente, a Riot passará a mirar em campeões específicos.

Quanto a outros projetos futuros, a Riot está trabalhando nas opções de itens para tanques e encantadores e uma miniatualização de Sona.

Artigo publicado originalmente em inglês por Andreas Stavropoulos no Dot Esports no dia 13 de maio.