Riot fala sobre design corrupto de Xayah e Rakan Guardiões Estelares

Não espere cromas especiais para nenhuma das skins lendárias.

Imagem via Riot Games

A linha de skins Guardiã Estelar do LoL é uma das mais populares no jogo, mas a leva mais recente de skins temáticas, revelada esta semana no PBE, deixou os fãs confusos. Agora, a Riot Games explicou o processo de desenvolvimento das skins e a escolha de abordar os novos Guardiões Estelares de uma forma um pouco diferente dos anteriores.

Ao olhar para as novas skins de Guardiãs Estelares, os fãs podem ver um contraste nítido entre esta leva e as anteriores. Das quatro novas skins, só a Neeko Guardiã Estelar tem o estilo vibrante pelo qual a linha é mais conhecida. Já Xayah, Rakan e Zoe receberam uma aura mais sombria.

Zoe recebeu o papel de antagonista do universo das Guardiãs Estelares. Tanto Xayah quanto Rakan originalmente faziam parte do time da Ahri Guardiã Estelar antes de serem corrompidos pelas sombras de Zoe, segundo as descrições das skins. Isso fica evidente pela aparência dos pombinhos e pela animação de retorno à base, que acaba revelando as vestimentas vibrantes de Guardiã Estelar por baixo da corrupção.

Apesar de essa abordagem dar novos ares a uma linha bem unidimensional, muitos fãs ficaram decepcionados. Depois de ver as prévias das skins, a comunidade esperava um novo time de campeões felizes, e alguns até aguardavam o possível Urgot Guardião Estelar, que virou meme. Mas, com a chegada das “anti-Guardiãs Estelares”, ficou evidente que os fãs não teriam o mesmo de sempre, que muitos já amavam.

Em um comentário no fórum oficial do jogo, Riot Beardilocks descartou a possibilidade de as skins de Xayah e Rakan terem cromas da versão “clássica” das Guardiãs Estelares. Ele explicou que, na abordagem da equipe de design para esse conjunto de skins, um tema foi central para o design de Xayah: Xayah está lidando com uma luta interna entre bem e mal. Lançar uma versão que escolhe um lado é acabar com a luta interna, que é justamente o conceito fundamental da criação da skin.

As habilidades das novas skins de Xayah e Rakan demonstram bem a luta que cada personagem enfrenta em sua corrupção. Algumas habilidades representam a luz, e outras as trevas. Uma variante inteiramente da luz entraria em conflito com as habilidades e seus efeitos, fazendo com que a skin e a história perdessem a ligação.

“Se nos comprometêssemos a consertar todas essas coisas para fazer sentido uma variante da luz, precisaríamos de efeitos visuais e sonoros totalmente novos, novas animações, novas falas e novas animações de retorno”, disse Riot Beardilocks. “Nesse ponto, teríamos que basicamente cobrar o preço de outra skin, ou tornar as skins principais ultimates para isso poder ser alternado, porque levaria o mesmo tempo de desenvolvimento que uma nova skin.”

Xayah e Rakan Guardiões Estelares vão manter suas características das trevas no futuro, segundo Riot Beardilocks. As skins dos pombinhos serão lançadas com três cromas cada uma, mas, infelizmente para os fãs dos visuais clássicos das Guardiãs Estelares, nenhum deles será uma versão da luz.

As quatro novas skins estão disponíveis no PBE e devem ser lançadas no servidor principal com a atualização 9.18, que vai ao ar em 11 de setembro.

Artigo publicado originalmente por Rachel Samples em inglês no Dot Esports no dia 29 de agosto.