Mudanças nos dragões da pré-temporada melhoram a taxa de vitórias Solo/Duo do time vermelho em League of Legends

Finalmente.

Imagem via Riot Games

Depois de anos do lado azul dando aos jogadores de League of Legends a vantagem em Summoner’s Rift, parece que finalmente o jogo virou.

O diretor de design da Riot Andrei “Meddler” van Roon discutiu os planos para 2020 do League em um post do Dev Corner hoje. As vastas mudanças nos dragões que atingiram o Rift nesta pré-temporada derrubaram a balança em favor dos times que jogam no lado vermelho nas filas Solo/Duo.

Imagem via Riot Games

“Historicamente, o lado azul teve uma pequena vantagem nas ranqueadas em SR”, disse Meddler. “Porém, as mudanças na pré-temporada removeram quase toda essa vantagem, dependendo da região em que você olha. A maior importância dos dragões é o que acreditamos ter impulsionado essa mudança, dado que o lado vermelho tem melhor acesso ao dragão do que o azul.”

Embora a taxa de vitórias possa parecer nominal, começar do lado azul deu aos jogadores uma chance 1% maior de serem vitoriosos no Rift na América do Norte. Esse número chegou a 1,4% nas filas Solo/Duo coreanas.

Garantir um Barão importante, especialmente nos estágios finais de uma partida, é um objetivo que muda o jogo. Os jogadores do lado azul se beneficiam com a abertura do covil do Barão ao seu lado, enquanto os do lado vermelho são estão presos por terreno. Mas os dias do lado azul podem estar chegando ao fim.

Agora que os dragões e suas almas são um objetivo fundamental para as fases finais do jogo, os jogadores do lado vermelho estão se beneficiando bastante. E os caçadores do lado vermelho podem fazer os dragões sozinhos sem a ajuda de quem está na rota. O diferencial da taxa de vitórias na América do Norte está agora dentro de 0,2%, favorecendo o lado vermelho, o mais equilibrado em muito tempo.

Imagem via Riot Games

Embora os jogadores da fila Solo/Duo estejam gostando dessas mudanças, as filas Flex ainda não foram atualizadas. O lado vermelho é o favorito há meses nesse modo coordenado por equipes, levando os desenvolvedores a se aprofundarem no assunto e descobrirem o que está acontecendo.

É improvável que essas vantagens mudem ao longo da 10ª temporada, uma vez que não haverá uma atualização grande no meio dela, de acordo com Meddler.

Artigo publicado originalmente em inglês por Andreas Stavropoulos no Dot Esports no dia 17 de janeiro.