Meio da RNG, Cryin, escolhe Annie no Mundial, a primeira aparição da campeã em um evento internacional do LoL desde 2015

"Você viu meu ursinho Tibbers?"

Imagem via Riot Games

Demorou seis anos, mas a Criança Sombria encontrou seu caminho de volta para Summoner’s Rift no Campeonato Mundial de League of Legends 2021.

O meio da Royal Never Give Up, Cryin, escolheu Annie para o segundo jogo em sua briga pelas quartas de final contra a EDward Gaming. Esta é também a primeira vez que o jovem de 20 anos escolhe o campeão em sua carreira relativamente curta.

A última vez que Annie foi escolhida em um evento internacional do LoL foi no Mundial 2015, onde ela foi escolhida várias vezes como suporte. Ela foi jogada nove vezes no torneio e apresentou resultados de 4-5 com 3.1 de AMA, de acordo com o Oracle’s Elixir.

Hoje, Annie ainda desempenha um papel semelhante em comparação com antes. Seu dano de explosão ainda é formidável como campeã do meio, especialmente quando combinada com outras habilidades de campeão como Chuva de Disparos da Miss Fortune. Ela ainda tem algum potencial de vagar pelo mapa de forma decente com sua habilidade E, uma vez que fornece a ela um bônus de velocidade de movimento além de seu escudo.

Ela ainda tem as mesmas dificuldades de antes, já que as equipes podem fazer com ela gaste sua poderosa ultimate em vão. Uma vez que ela usa o Tibbers, seu potencial de explosão e eficácia de luta em equipe diminuem significativamente, já que ela agora terá que acumular os usos de suas habilidades para obter o atordoamento de sua passiva, Piromania. Nesse tempo, ela pode ser facilmente perseguida e eliminada pelos campeões mais móveis do meta.

Existem muitos outros campeões do meio que trazem ferramentas de luta de equipe muito mais eficazes, como Ryze trazendo sua explosão de dano rápido ou Syndra com seu alcance mais longo e atordoamentos mais confiáveis. Como resultado, Annie não deve ver muito tempo de jogo durante o resto do torneio.


Certifique-se de nos seguir no YouTube para mais notícias e análises sobre esportes.

Artigo publicado originalmente em inglês por Gökhan Çakır no Dot Esports no dia 17 de outubro.