League of Legends faturou US$ 1,5 bilhão em 2019

League of Legends também reuniu mais jogadores que Fortnite.

Imagem via Riot Games

League of Legends recebeu outro aumento maciço de sua receita em 2019, arrecadando US$ 1,5 bilhão no total.

Isso representa aproximadamente US$ 300 milhões a menos do que o jogo número um de 2019, Fortnite, de acordo com o estudo da SuperData. O mercado global de jogos gerou US$ 120,1 bilhões em 2019.

O Leageu gerou a segunda maior receita entre os jogos gratuitos de PC, atrás do Fortnite, de um total de US$ 20,6 bilhões gerados por jogos gratuitos na plataforma.

Mas os jogos para celular estão à frente de League com Dungeon Fighter Online e Honor of Kings (US$ 1,6 bilhão cada um gerado em 2019) e o mercado de jogos para celular ganhou três vezes mais receita do que os jogos para PC gratuitos, uma tendência que se espera aumentar 2020.

Os jogadores de League of Legends têm duas vezes menos chances de gastar dinheiro no jogo do que os jogadores de Fortnite, segundo o estudo.

Também mostra que a maior parte da receita obtida com jogos gratuitos para PC e dispositivos móveis vem da Ásia e prevê um crescimento de quatro por cento para o mercado global de jogos em 2020, com US$ 124,8 bilhões a serem gerados.

League of Legends faturou US$ 100 milhões a mais em 2019 do que no ano passado, a SuperData registrou uma receita de US$ 1,4 bilhão em 2018 para o MOBA, mas ainda menos do que em 2017 (US$ 2,1 bilhões) e 2016 (US$ 1,7 bilhão).

A Riot continuou investindo em seu cenário competitivo em 2019, criando várias ligas nacionais e colegiadas em todo o mundo e lançando a primeira temporada da LCS como uma liga franqueada. Apesar da estabilização de sua audiência no Campeonato Mundial (21,8 milhões de telespectadores em 2019 em comparação com 19,6 em 2018 e pico de 44 milhões de telespectadores simultâneos em cada ano), 2020 provavelmente será mais assistido graças a vários locais na China e as finais realizadas no estádio de 55.000 lugares de Xangai.

Embora a receita do League of Legends esteja mais ou menos a mesma desde o seu lançamento há uma década, a Riot pode ganhar mais em 2020 e nos próximos anos, graças ao lançamento de outros jogos como Legends of RuneterraWild Rift e os jogos da Riot Forge. Além de vários outros projetos.

Artigo publicado originalmente em inglês por Eva Martinello no Dot Esports no dia 03 de janeiro.